Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Ex-namorado preso no Rio de Janeiro encomendou morte de jovem

Compartilhe

Na noite desta quinta-feira (23), policiais da Delegacia de Homicídios sob o comando do delegado Danúbio Dias em parceria com os policiais da Companhia Independente do Promorar realizaram a prisão dos dois acusados de matarem a radiologista a tiros e facadas na região do bairro Promorar, na zona Sul de Teresina.

De acordo com informações do delegado Bareta, a jovem foi morte por encomenda e quem mandou matá-la foi o seu ex-namorado que está preso na Penitenciária de Bangu, no Rio de Janeiro. “Foi um trabalho de empenho da Delegacia de Homicídios junto com a equipe de policiais do Promorar, inclusive vimos na televisão onde a mãe dizia que acreditava na Justiça de Deus porque a dos homens ela não tinha fé, mas eu quero dizer que na Polícia Civil tem homens de boa vontade e que trabalhamos intensamente. Ontem a noite conseguimos prender o maior e apreender o menor envolvidos no crime que está totalmente esclarecido, foi um crime de encomenda onde o indivíduo Laércio Rodrigues que está preso em Bangu, no Rio de Janeiro vinha mantendo contato constante e ameaçando a moça deixando bem claro que se ela não ficasse com ele, ela não ficaria com ninguém, mandando ela ir para o estado do Rio de Janeiro esperar por ele. Revoltado, antes de ontem ele mandou os dois acusados matá-la. Ele está conseguindo fazer ligações de dentro do presídio, isso eu já comuniquei a divisão de homicídios do Rio de Janeiro para tomar as providências cabíveis, eles esfaquearam a moça e ainda dispararam tiros contra ela”, declarou o delegado.

Ainda segundo Bareta, a jovem não tinha nenhum envolvimento com o crime: “Nós já fizemos levantamentos e não encontramos nenhum ato errado sobre ela. Ela manteve esse relacionamento amoroso com esse rapaz mas logo em seguida terminou. Inclusive ele está preso no Rio de Janeiro por um crime que ele cometeu aqui em Teresina, mas precisamente no bairro Parque Piauí onde matou um rapaz dentro da distribuidora Santa Cruz dos Milagres, logo após o crime ele fugiu para o Rio de Janeiro e lá foi detido com um mandado de prisão. Nós até já entramos em contato com o juiz no sentido de fazer o recambiamento dele para o estado do Piauí”, disse.

Segundo o chefe de investigações, Barbosa, o maior preso pelo crime é altamente perigoso, frio e calculista: “Ele é conhecido como Renan e cometeu um crime onde há um ano atrás ele matou um estudante, desde que ele virou maior de idade já são dois homicídios que o envolvem. O menor está assumindo todo o crime para livrar ele, mas não adianta, nós já sabemos que foi o menor quem esfaqueou e o foi o maior que atirou contra ela”, afirmou.

O menor envolvido no crime confessou os atos e disse não estar arrependido: “Não foi encomendado por ninguém não, foi eu quem atirei e esfaqueei e não estou arrependido”, declarou.

Menor e maior preso acusados do crime  (Crédito: Reprodução)
Menor e maior preso acusados do crime (Crédito: Reprodução)
Radiologista morta (Crédito: Reprodução)
Radiologista morta (Crédito: Reprodução)

Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar