Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

"Número fantasioso", diz delegado sobre "200 foragidos" na Major César

Compartilhe

O chefe de inteligência da Polícia Civil do Piauí, delegado Charles de Holanda, em entrevista ao programa Bom Dia Meio Norte na manhã desta quarta-feira (03/07), declarou que ainda não se sabe o exato número de presos que fugiram durante um motim realizado por detentos na tarde de ontem na Penitenciária Agrícola Major César Oliveira.

“Ontem no final da tarde nós tivemos um motim, esse motim inicialmente foi contido pelo próprio efetivo que estava de serviço na unidade prisional, foi solicitado reforço, foi encaminhado de imediato e com a chegada do reforço todos os presos rebelados que não foram todos os que estavam na unidade, apenas uma parte, foram controlados e colocados em local seguro, onde passaram por alguns procedimentos. Saíram alguns números, como 200, mas esse número é fantasioso, não temos ainda o numero exato. Por questão de segurança nós cumprimos o procedimento com os rebelados ainda no inicio da noite e eu pedi a suspensão das contagens dos presos que estavam na unidade, por conta disso, em alguns pavilhões não aconteceu o processo da contagem. Agora eu afirmo que esse numero é bastante inferior a 200 foragidos, inclusive algum desses presos que fugiram foram recapturados e outros já voltaram para a unidade prisional até voluntariamente”, declarou.

Crédito: Reprodução

Sobre os prejuízos na unidade, o delegado afirmou: “A parte estrutural onde os presos ficam não sofreu prejuízo, nós tivemos um veículo administrativo que foi danificado, um alojamento que fica na parte interna da unidade que foi danificado junto com a Central de Monitoramento Interno que também foi danificada. Os presos não chegaram no setor administrativo da unidade prisional, mas realmente nós tivemos essa danificação. O procedimento não parou, passamos a noite na unidade prisional, foram extremamente profissionais conseguiram conter o motim no tempo hábil, mostraram para os presos que não adianta eles tentarem implantar a desordem”, finalizou.

Crédito: Ivan Lima/Rede Meio Norte


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar