Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Polícia deflagra operação para intensificar abordagens no Piauí

Compartilhe

Na manhã desta sexta-feira (11/08), a Polícia Militar do Piauí realizou o lançamento da ‘Operação Mandacaru’, no quartel do Comando Geral. A operação será desencadeada na cidade de Teresina, por tempo indeterminado, visando coibir especialmente o uso ilegal de armas de fogo e o furto e roubo de veículos na capital.

O objetivo é reforçar o policiamento ostensivo com base em estatísticas, em horários e dias específicos com a finalidade preventiva e repressiva. 

As ações da operação serão comandadas pelo coordenador geral de operações da Polícia Militar, coronel Alberto Meneses. Segundo ele, a operação foi determinada pelo Secretário de Segurança, Capitão Fábio Abreu, e o Comandante Geral da PMPI, Coronel Carlos Augusto.

O comandante geral, coronel Carlos Augusto, afirmou que a operação está sendo lançada com as especializadas que irão trabalhar nos locais onde é registrado o maior número de ocorrências. “Vamos iniciar pela zona Sul, também pela Santa Maria da Codipi e vamos estar preparados com esse grupamento para atuar em todo o Estado do Piauí, festejos de cidades e vamos ter uma maior presença da Polícia Militar”, disse.

“Nós também vamos intensificar nas abordagens, nas entradas de bairros da capital, como também na zona rural, nos extremos, exatamente para coibir tanto essa questão do armamento como a questão do tráfico de drogas. A sensação de segurança aumenta porque as pessoas gostam de encontrar a polícia, nós temos trabalhado de todas as formas, com todas as modalidades dentro daquilo que é possível, o que nós estamos fazendo é uma operação de abordagens", declarou o comandante. 

De acordo com o secretário de segurança, Fábio Abreu, o aumento do efetivo ocorre após a compra da folga do policial. “Alguns municípios do interior poderão receber essa operação. O que podemos destacar dessa operação é que são 52 policiais em média a mais em cada batalhão. Nós não estamos desmontando nenhuma operação, não estamos puxando efetivo de nenhuma unidade policial, estamos acrescentando através da compra das folgas dos policiais para que ele ao prestar o seu serviço tenha certeza que vai receber remuneração correspondente”, afirmou.

coordenador geral de operações da Polícia Militar, coronel Alberto Meneses (Crédito: Jardenya Bezerra)


Coordenador geral de operações da Polícia Militar, coronel Alberto Meneses (Crédito: Jardenya Bezerra)




Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar