Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Secretário interino da Seduc afirma em entrevista que equipe encontrou uma grande dívida da gestão anterior

Compartilhe

Na manhã desta segunda-feira (19/01), o programa Bom Dia Meio Norte recebeu em seus estúdios o secretário interino da Seduc (Secretaria Estadual de Educação e Cultura do Piauí), Helder Jacobina, para falar sobre como a equipe encontrou a situação financeira do Estado em relação a educação.

“A situação é muito difícil, quando chegamos lá, inclusive foi uma determinação da deputada que nós tirássemos foto de tudo, desde a limpeza, até os órgãos de controle para que a gente mostre a situação que a gente pegou. Para você ter uma ideia na primeira semana não tinha água sendo fornecida para os funcionários, não tinha papel, então nesse primeiro momento foi para dar condições para que os funcionários pudessem começar o seu trabalho. Baseado nisso foi chamado também a controladoria para que pudéssemos verificar os contratos, para que a gente desse segmento ou não a esses contratos”, disse.

Segundo informações, escolas que estavam com sua estrutura física 50% concluída eram recebidas como se estivessem com 100%. Sobre isso, o secretário afirmou. “Tem alguns casos que está sendo analisado pelos órgãos de controle, justamente para que possamos ter uma dinâmica da coisa, mas eu quero dizer também que a gente pega uma secretária com mais de R$ 50 milhões de débitos com os fornecedores. Nós temos débitos com transporte escolar, com merendas. Transporte escolar a gente passa de R$ 5 milhões em débitos, é muito grande. Então isso a gente vai colocando alguns casos, fora as obras. Nós estivemos no Centro Sarah Menezes, conversando com a construtora, só a construtora tem para receber do Estado mais de R$ 1 milhão de reais”, destacou ele.

Ao ser indagado sobre como anda o processo de projetos importantes como 'Aprender é uma viagem', Helder declarou. “O primeiro ponto dele é regularizar, ele se encontra em aberto, tem um débito de R$ 4 milhões de reais que não houve um pagamento devido durante o período para a realização do evento. Alguns deles ainda não concluíram o período de estadia que era necessário porque é um débito muito grande. Tem mais ou menos uns 10 meses em aberto por falta de pagamento das mensalidades. É muito chato tudo isso mas é bom que a gente coloque para mostrar que a secretária não se encontra parada. A deputada Rejane sempre foi muito ousada por onde passou, claro que a situação não é fácil, nós temos que colocar isso para a sociedade para que ela perceba e nos ajude, que tenha um pouco de paciência porque pode ter a certeza que a equipe está empenhada, está comprometida, está focada com muita disposição para trabalhar, mas primeiro temos que resolver as situações emergenciais”, falou.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar