Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Revista Meio Norte

LACEN irá distribuir quase 2.400 kits de testes para Zika

Compartilhe

Seguindo com a política de prevenção e combate à microcefalia no Piauí, o Laboratório Central do Estado (Lacen) irá distribuir 2.375 kits de teste rápido para a zika. Os testes serão realizados em mulheres grávidas e bebês recém-nascidos com suspeita de contaminação pelo vírus.

Os testes serão distribuídos entre a Maternidade Dona Evangelina Rosa, o Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela e maternidades dos municípios de Parnaíba, Picos, Floriano, Bom Jesus, Corrente, Piripiri e São Raimundo Nonato.

"A seleção das cidades contempladas com os kits foi baseada nos municípios que registraram maior número de casos de microcefalia desde o início das notificações, em 2015”, disse Walterlene Carvalho, diretora-geral do Lacen.

"Profissionais dos sete municípios onde serão realizados os testes passarão por capacitação com equipes tanto do Lacen, quanto da Vigilância Epidemiológica, com início no dia 10 de fevereiro”, acrescenta Walterlene.

A assistência a mulheres grávidas e bebês vem sendo realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) desde a ocorrência do surto de microcefalia em outubro de 2015.

Em 2016, entre os estados brasileiros com notificações de casos suspeitos de microcefalia relacionados a processo infeccioso, o Piauí é o que apresenta maior evolução dos casos investigados, segundo o Ministério da Saúde.

O ranking avalia os números de notificação, investigação e conclusão dos casos divulgados nos boletins epidemiológicos divulgados pelo ministério a cada semana. Enquanto o Piauí esclareceu quase 90% dos casos, Pernambuco chegou ao índice inferior a 60%, ficando em segundo lugar. A Paraíba alcançou o terceiro lugar com pouco mais de 50% dos casos concluídos.