Ator da Globo defende Biel: “Não acredito que ele seja racista”

Cantor MC Biel foi acusado de racismo e homofobia.

Os tweets antigos do perfil de Biel continuam dando o que falar.  Felipe Titto saiu em defesa  do amigo. Vale lembrar que o funkeiro teve  show cancelado por rejeição do público após dizer que estupraria  Angélica e que não gosta de negros. Em outra mensagem, Biel escreveu a seguinte frase: "não consigo imaginar um travesti pelado, que nojo, sério".

O a tor,  que teve significativa participação em Malhação, diz que tudo não passou de uma 'brincadeira'. “Conheço o Biel e não acredito que ele seja, realmente, racista e homofóbico. Que ele sinta essa aversão a negros e gays. Espero que seja da boca para fora. Talvez ele tenha sido infeliz em uma piada, ou uma brincadeira. Confio muito no que se sente no coração. Se o cara tiver ódio de gay, ódio de negro, ele não tem meu respeito”, disparou.

Felipe ainda falou sobre o fato do cantor ter sido acusado de assédio sexual contra uma jornalista durante uma entrevista. "O que aconteceu com ele foi uma infelicidade. Ele é uma potência. Tem muito público, carisma e faltou uma assessoria para cuidar dele. Coisa que você fala na ingenuidade e atropela outras”, disse. 

Após polêmicas e acusações, Biel anunciou pausa na carreira. "Desculpas não seriam o suficiente para justificar a imaturidade de um garoto de 15 anos, que hoje não pensa desta forma", diz a nota oficial divulgada pelos representantes do cantor. 




Fonte: Com informações da Quem