Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio

Famosos lamentam morte de artista

O corpo de Elke Maravilha está sendo velado no Teatro Carlos Gomes no centro do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira (17). A artista morreu aos 71 anos de falência múltipla dos órgãos após ficar mais de um mês em coma induzido

Seguindo um desejo seu, Elke foi colocada no caixão da maneira como costumava aparecer em cena: maquiada e com o figurino do musical "Elke Canta e Conta". 

Irmão da atriz, Frederico Grunnupp chegou acompanhado da sobrinha dela, Natasha Grunnupp. No palco de teatro estavam reunidas aproximadamente uma dezena de coroas de flores. Entre elas, da Secretaria Municipal de Cultura da Cidade do Rio de Janeiro. Um dos presentes na cerimônia foi Leleco Barbosa, filho de Chacrinha, de quem a artista foi jurada.


Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Corpo de Elke Maravilha é velado no Teatro Carlos Gomes, no Rio (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do Ego