Fernanda Montenegro: 'Congresso acha que cultura é coisa de viados'

Atriz criticou o governo interino de Michel Temer, do PMDB.

Fernanda Montenegro, durante participação especial em "Mr Brau", falou pela primeira vez sobre a extinção do Ministério da Cultura. Considerada uma das maiores atrizes do teatro, cinema e televisão no Brasil, a atriz fez inúmeras criticas ao afirmar que o Congresso tem uma visão distorcida sobre o que é a cultura

"O fim do Ministério foi uma tragédia. Esse governo interino vai pagar um preço alto por essa pouca visão de um Ministério sempre dotado de um orçamento miserável. A cultura é a base de um país", disparou.

"Esse Congresso aí, de todos os governos, acha que a cultura é uma bobagem, uma frescura, coisa de viados, de alienados... Agora esse governo, até quando ele existir, vai pagar um processo violento e eu estou nesse protesto", continuou.

Bruna Lombardi é a quarta mulher a recusar Secretaria de Cultura.  Além dela, outras duas mulheres reconhecidas no meio cultural usaram as redes sociais para dizer que recusaram enfaticamente sondagens para assumir a secretaria.

Fernanda Montenegro
Fernanda Montenegro






Fonte: Com informações do EGO