Marina Ruy Barbosa: "Tenho o pé no chão, sou realista"

Aatriz disse ainda:"Não fico pensando em trabalhar em Hollywood".

Marina Ruy Barbosa surpreendeu ao falar sobre seu atual momento, profissão, amor e fama. A protagonista de "Totalmente Demais", durante entrevista à revista Quem, ainda abordou temas como carreira intencional, moda e cenas quentes onde pareceu de calcinha e sutiã e causou nas redes sociais.

"Só faço trabalhos quando realmente estou a fim. Se não estiver com vontade de fazer, falo não. Mas gosto de atuar, me identifico. Sou novinha, só tenho 20 anos, mas comecei com 9. Sei que estou trabalhando e gravando pra caramba! Mas me sinto privilegiada por estar realizando tantos sonhos e fazendo o que gosto. Tenho gás para isso, me dá prazer. Sou workaholic total", disse.

A atriz namora atualmente piloto de automobilismo Xandinho Negrão, de 30, e diz não acreditar em conto de fadas. "Acredito no amor e na união. Mas ninguém é perfeito, não existe príncipe encantado. Existe o cara que é bacana para mim e que, com a convivência, se adapta e ajusta os pontos comigo. O mais importante em um homem é que ele tenha caráter e fale sempre a verdade", conta.

A bela disse que no momento não possui planos para trabalhar fora, mas ressaltou que toparia futuramente. "Adoro trabalhar no meu país. Mas é óbvio que se rolar uma oportunidade lá fora, vou considerar. Só que não fico pensando: ‘Nossa, quero ir para Hollywood!’. Não, menos (risos)! Quero trabalhar com bons diretores, participar de projetos interessantes e, quem sabe, mais para frente fazer algo lá fora. Por que não?”, destacou. 

Questionada sobre aparecer de calcinha e sutiã na trama das sete, ela revelou: “Quando a Eliza apareceu de calcinha e sutiã foi o dia de maior audiência da novela. Achei engraçado e levo numa boa. Gravo todos os dias e não tenho tido tempo de me exercitar. Quem está ali é a personagem. A galera comenta nas redes sociais. Tudo bem, né? (risos)”.

Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa



Fonte: Com informações da Revista Quem