Prainha do Rio São Francisco é interditada após morte de Montagner

Local fica fechado ao público até que seja colocada a sinalização

A Prainha do Rio São Francisco, local onde Domingos Montagner morreu, foi interditada por tempo indeterminado pela Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Comunicação e Esportes da Prefeitura de Canindé de São Francisco, em Sergipe no último sábado (17).

O local permanecerá fechado ao público até que seja colocada a sinalização adequada informando aos banhistas o perigo da correnteza na região.

"Faixas de interdição foram colocadas na orla e seguranças estão atuando na área para impedir que as pessoas se banhem no Rio São Francisco", disse o secretário da pasta, Dimas Roque.

O político, contudo, minimizou a culpa da Prefeitura na morte do ator da TV Globo, ressaltando que o artista estava em um local pouco frequentado: "Vale lembrar, que o ator não se afogou na Prainha. O ator mergulhou cerca de 300 a 400 metros de distância da areia. Onde os turistas não costumam ir".

A atriz Camila Pitanga, que estava com ele no momento do acidente, conseguiu se salvar e contou o que aconteceu em entrevista ao "Fantástico" de domingo (18).

"Quando ele submergiu, e foi a última vez que ele submergiu, aí eu entendi o problema que a gente estava vivendo. Eu entendi que eu não poderia ir lá e que havia uma coisa muito maior acontecendo. Não era só ele assustado. Não sei o que era. Era um desespero de alguma coisa que dizia 'eu vou' e outra que dizia 'não vai", contou muito emocionada.

Para Camila Pitanga, Domingos Montagner a salvou. "Eu acho que naqueles sumidouros alguma coisa deveria estar segurando a perna dele. E ele, lindo que é, generoso que é, não dividiu a real comigo. E ele sumiu. Em nenhum momento ele me pegou, me agarrou. Estava tentando, na verdade, se segurar. Por isso que ele não nadava. Ele me salvou. Eu acho que ele sabia o que estava acontecendo e ele me deu a oportunidade de viver. Me deu essa chance", concluiu emocionada.

Domingos Montagner (Crédito: Divulgação)
Domingos Montagner (Crédito: Divulgação)


A atriz também relembrou como viu o colega pela última vez. "Eu vi o último olhar dele. Ele não queria ir, estava cheio de planos, cheio de projetos. Amado por uma família linda, que eu tive a oportunidade de conhecer e foram muito generosos comigo".

Camila, que confirmou sua volta às gravações de "Velho Chico" em homenagem ao amigo que se foi, disse ainda que considera que agora terá uma segunda chance na vida. "Uma segunda chance de poder estar com os meus amigos, de estar com a minha filha, de viver... é uma segunda chance e eu vou honrar isso", finalizou.

Prainha do Rio São Francisco  (Crédito: Divulgação)
Prainha do Rio São Francisco (Crédito: Divulgação)


Fonte: Msn