Jogador é chamado de 'macaco' e 'negro safado' em seu perfil na web

"Macaco negro safado respeita a torcida", escreveu um internauta.

Após Taís Araújo sofrer racismo no Facebook, agora foi a vez do jogador Michel Bastos, do São Paulo, que recebeu comentários preconceituosos em seu perfil no Instagram. O meia, que se desculpou após mandar a torcida 'calar a boca', foi chamado de 'macaco'. Em nota divulgada para à imprensa, ele afirma que já acionou seus advogados. 

Image title

"Já informei os meus advogados sobre o ocorrido e vou tomar todas as medidas cabíveis para que essa pessoa responda legalmente pelo que fez. Se deixarmos esse tipo de situação passar, isso nunca irá cessar. O que pudermos fazer para ser usado de exemplo contra o racismo, seja ele qual for, sempre será importante. Espero que isso encoraje outras pessoas que sofrem com esse mal a sempre denunciar. Eu jamais irei me calar", disse.

Em um  dos comentários um usuário escreveu: "Macaco negro safado respeita a torcida otário vagabundo, faz por merecer o dinheiro que recebe". Em contrapartida, seguidores re revoltaram e criaram a hastag "#somostodosbastos" nas redes sociais. Além disso, postaram imagens em apoio.

Image title

Sobre o 'mandar a torcida calar a boca',o craque enviou uma nota onde pede desculpas à torcida e diz que não conseguiu 'lidar' com a situação. Em outro trecho, admite o erro e afirma que acabou 'explodindo'.

"Quero me desculpar com o torcedor do São Paulo que se sentiu desrespeitado pelo que fiz ontem no Morumbi. Errei ao fazer o gesto de silêncio, nada justifica isso, mas foi uma reação desmedida que acabei tendo por não concordar com quem vai ao estádio vaiar a própria equipe. Já aconteceram situações parecidas anteriormente e eu consegui lidar bem, mas acabei explodindo dessa vez e tendo essa atitude que, reitero, não é a correta”, diz.

Image title


Fonte: Com informações do Extra