Incêndio é controlado após 72 horas; moradores calculam prejuízo

Incêndio ocorreu em Geminiano e Picos e já foi controlado.

Por voltadas 10h da manhã desta quinta-feira, dia 18 de agosto, o Corpo de Bombeiros conseguiu controlar o incêndio de grandes proporções ocorrido em Geminiano e Picos, que  durou 72 horas e causou diversos prejuízos.  O tenente do Corpo de Bombeiros, Hamylton Lemos, afirmou que este é o maior incêndio já registrado em Picos e destruiu uma grande área de vegetação.

“Um dos maiores obstáculos que enfrentamos foi a extensão do fogo, foi colocado o contra fogo e o aceiro. Tivemos a ajuda dos bombeiros civis e da população, além de caminhões pipas de populares e do PAC”, disse o tenente sobre o incêndio que começou na tarde da última segunda-feira (15) depois que uma caminhonete pegou fogo às margens da BR-316, nas proximidades do antigo Posto Fiscal do Povoado Morrinhos.

Incêndio contgrolado na manhã desta quinta (Crédito: Grande Picos)
Incêndio controlado na manhã desta quinta (Crédito: Grande Picos)

"Foi um acidente, e pelo o que pudemos perceber foi causado pelo incêndio do veículo. Quando chegamos as chamas já tinham adentrado a mata. As pessoas estão se queixando pois o fogo atingiu as roças, mas a área é muito grande estamos fazendo o possível. A área tem muitas residências e desviamos o fogo.  Em 23 anos de serviço nunca tinha sentido isso. Os animais, a vegetação, aquele povo desesperado, um horror”, afirmou a capitã Ana Célia, comandante do corpo de bombeiros da região. 

O agricultor Osmar Ambrósio de Almoedes diz que o fogo adentrou sua propriedade após consumir parte da mata na marginal da rodovia. Ele afirma que a única pastagem que havia para alimentar o rebanho de bovinos foi destruída em questão de minutos.

“Foi muito rápido. Nos reunimos para tentar apagar com baldes utilizando água do posso da comunidade, mas o esforço foi em vão”, lamentou.

Fonte: Portal Meio Norte