Lutadora diz que se sofresse outro assalto faria tudo novamente

A jovem ficou conhecida após imobilizar um assaltante com golpe.

Por volta das 20h desta terça-feira (01/09), policiais militares da cidade de Açailândia no estado do Maranhão registraram uma ocorrência no mínimo inusitada  e diferente das demais. Um jovem identificado como Wesley Sousa de Araújo, de 18 anos, tentou realizar um assalto contra uma mulher, mas acabou sendo dominado pela vítima, que é lutadora de jiu-jítsu e MMA.

A jovem identificada como Monique Bastos ficou impressionada com a grande repercussão do caso e disse que não esperava tudo isso. “Eu não tinha ideia que ia dar tudo isso, o que eu fiz foi apenas me defender. Todo mundo que luta sabe que pode dominar alguém como eu fiz, eu não estou com medo, mas é sempre bom ficar em alerta porque ninguém sabe o que podem fazer”, disse ela.

Image title

Usando um golpe de jiu jitsu ela imobilizou o ladrão que pretendia levar o seu celular.  Durante 15 minutos, Monique manteve a força para seguir com o criminoso imobilizado em suas pernas. O vídeo ganhou repercussão porque o ladrão gritava o tempo inteiro: “Chama a polícia, me ajuda, socorro”, gritava.

Após a chegada de uma equipe da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), o ladrão foi autuado e preso em flagrante. O segundo criminoso não foi localizado.

A lutadora já assistiu ao vídeo repetidas vezes e apesar de tudo que aconteceu disse não ter medo, mas recomenda que ninguém reaja nessas situações.

“Graças a Deus deu tudo certo, mas poderia ter acontecido algo comigo e com as meninas. Na hora eu vi que dava para reagir e que eu dava conta, mas claro que poderia ter acontecido algo diferente. Eu não recomendo a ninguém reagir, mas se acontecesse de novo comigo e eu tivesse condição de dominá-lo faria tudo de novo”, disse.

Image title


Fonte: Com informações do G1