Menina que viu mãe ser morta presta depoimento: "Ele pediu R$20"

A mulher foi morta a facadas na frente da filha.

A menina de 7 anos que se tornou notícia nacional após presenciar a morte da mãe a facadas no Rio de Janeiro prestou depoimento para a Polícia Civil nesta sexta-feira (22) e contou o que viu naquela noite. Christiane de Souza Andrade, de 46 anos, foi assassinada depois que saiu de um supermercado no Estácio, a mulher chegou a ser atendida, mas morreu no hospital.

Acompanhada de profissionais como psicólogos, conselheiros tutelares e o tio que é advogado, a criança contou que Rojelson Baptista, de 36 anos, pediu R$ 20 antes de matar a mulher.

Tobias Silveira, o tio da criança, contou o que a menina ouviu antes da morte.

Ele disse: "Chris, eu quero R$ 20". Ela disse: "Eu não tenho". Ele disse "Eu quero porque preciso". Ela disse: "Eu não tenho, eu conheço você, você não tá bem, vai embora", e continuou andando. Neste momento, ele veio por trás e cometeu o crime.

Segundo a Polícia Civil, o depoimento da criança, que é a principal testemunha do caso, será anexado ao inquérito. A partir de agora, ela também terá acompanhamento de um psicólogo do Conselho Tutelar para tratamento. Tobias afirma que a filha tem pesadelos à noite.

“Ela disse que alma da mãe, metade foi para Jesus Cristo e a outra metade virou uma estrelinha. E o corpo dorme no cemitério. Ela já ultrapassou o trauma, em parte. A dificuldade dela é à noite, que ela acorda gritando e chorando "mataram minha mãe".

Menina está morando com a tia (Crédito: Reprodução)
Menina está morando com a tia (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do R7