Paquetá: Acusado de matar policial dentro de delegacia é preso

Policial Militar foi morto dentro do Grupamento da Policia Militar.

Foi preso na tarde desta quinta-feira, dia 11, o acusado de matar o policial militar Daniel Marcos Ferreira da Silva, 48 anos, dentro da Delegacia do município de Paquetá do Piauí.  Ele informou à PM que seu nome é Wagner. Com ele foi encontrada a arma da PMPI que estava cautela para o policial militar e mais um revólver calibre 32. O elemento foi preso em um matagal próximo à cidade de Paquetá. 

De acordo com o comandante de policiamento dos Cerrados, Raimundo Rodrigues,  a motivação do crime ainda é desconhecida.  “Os populares viram essa pessoa [acusado] andando pela cidade e após isso foram avisar a polícia que prontamente fez o reconhecimento dessa pessoa, conduziu ela para o Grupamento da Polícia Militar da cidade (GPM). No local, por uma circunstância que ainda não sabemos informar, houve esse crime e somente a perícia poderá precisar e divulgar depois de todo um estudo para saber como tudo ocorreu”, afirmou.

Acusado de matar policial dentro de delegacia (Crédito: Divulgação)
Acusado de matar policial dentro de delegacia (Crédito: Divulgação)

O comandante explica que o policial foi morto no momento em que era preparado o lanche para os funcionários do local, sendo que no GPM da cidade, onde ocorreu o crime, só estavam a vítima, o acusado e uma mulher que  preparava o lanche e que pode ter presenciado o crime

“No momento em que ocorreu o fato nós temos informações de que havia uma senhora dentro do recinto e que provavelmente em razão do horário, por volta das 10h da manhã, estava preparando o lanche e foi nesse exato horário que ocorreu o crime”, acrescentou.

Daniel Marcos Ferreira (Crédito: Reprodução)
Daniel Marcos Ferreira (Crédito: Reprodução)

O crime

O acusado teria aproveitado a desatenção do policial, pego a arma e desferido contra ele vários disparos. Daniel teve morte imediata no local. A Delegacia de Paquetá do Piauí foi tomada pelos moradores.

O corpo do policial ficou no local aguardando a chegada da perícia para levantar informações da cena do crime. Daniel morava em Picos e estava há pouco tempo trabalhando na cidade.

Delegacia de Paquetá do Piauí foi tomada pelos moradores
Delegacia de Paquetá do Piauí foi tomada pelos moradores


Fonte: Portal Meio Norte