THE:Metrô paralisa atividades e deixa 7 mil usuários prejudicados

O acidente, ocorrido ontem (11), deixou duas pessoas mortas.

Na tarde de quarta-feira (11), um trem cargueiro e o metrô de Teresina colidiram frontalmente, deixando duas pessoas mortas no acesso à ponte Wall Ferraz, no bairro Ilhotas, na zona Sul da capital. Internautas fazem piadas preconceituosas após acidente com metrô em Teresina.

Image title

Por conta do acidente, houve a paralisação do metrô de Teresina nesta quinta-feira (12), prejudicando pelo menos 7 mil usuários que dependem do serviço. Segundo informou o presidente do Sindicato dos Metroviários, Daniel Oliveira, ainda não há data prevista para o retorno do funcionamento do metrô da capital.

O acidente

O metrô seguia no sentido Dirceu para o Centro de Teresina e o trem da Transnordestina estava parado na linha férrea quando houve a colisão. O trem, que estava carregado de combustível, foi atingido na traseira, ficando com a roda fora do trilho. O metrô ficou destruído na frente e também saiu do trilho.

As vítimas fatais foram o maquinista Gilvan Soares Brito e o auxiliar de maquinista, funcionário da Transnordestina, Gilvan Camelo. O último era casado e tinha dois filhos. Os nomes foram confirmados por Romualdo Henrique Araujo, da Companhia Metropolitana de Teresina (CMTP).

"Vamos apurar porque o metrô retornou se o trem não havia sido recolhido", disse o presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Públicos, Antônio Sobral em entrevista ao programa Bom Dia Meio Norte. 


Fonte: Portal Meio Norte