Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular

Homens presos em Campo Maior foram contratados para matar latrocida

A Polícia Civil está investigando o caso.

Compartilhe
Google Whatsapp

Nesta sexta-feira (28), a Polícia Civil de Campo Maior afirmou em entrevista que os três homens presos acusados de assalto são naturais do Distrito Federal e atuam como pistoleiros. Segundo informações, eles foram contratados para ir até a cidade executar um homem suspeito de assassinato em Goiás.

O delegado Laércio Evangelista relatou que desde o momento da prisão de Cristiano Vaz, Alison Vaz e Airton Ribeiro, na noite dessa quinta (27), os investigadores estavam tentando entender e buscando motivos que levassem aos reais motivos da presença dos três assaltantes em Campo Maior. Após vários levantamentos, a Polícia Civil desvendou o plano de ação do trio.

Segundo o delegado, os criminosos chegaram a Campo Maior para assassinar Marcos Vinícius de Souza, suspeito de cometer um latrocínio no estado do Goiás. Um irmão gêmeo da vítima teria contratado o trio para vingar a morte.


“Descobrimos que os três foram procurados para executar Marcos Vinícius de Souza, que é acusado de latrocínio em Goiás. Segundo eles, um irmão da pessoa morta descobriu que Marcus Vinícius estava morando em Campo Maior e os procurou para vingar a morte do irmão”, diz Laércio.

Marcos Vinícius, o suposto alvo dos bandidos, já se encontra preso. No dia 23 de setembro, a polícia deu cumprimento a um mandado de prisão expedido pela justiça de Goiás, onde Marcus foi preso dentro de uma sorveteria de sua propriedade em Campo Maior.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto