SEÇÕES

Pros retira candidatura de Pablo Marçal e decide apoiar Lula

Marçal já está registrado como candidato no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e diz que brigará na Justiça para se manter na disputa

FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

O Partido Republicano da Ordem Social (Pros) decidiu nesta segunda-feira (15/8) retirar a candidatura do empresário e influenciador Pablo Marçal (Pros) e apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na corrida ao Planalto. 

A decisão ocorreu de forma unânime durante reunião da nova executiva nacional do partido. Marçal, porém, já está registrado como candidato no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e diz que brigará na Justiça para se manter na disputa. 

Pros retira candiatura de Pablo Marçal e confirma apoio de Lula 

O Pros vice uma batalha judicial pela escolha da presidência da legenda. A disputa ocorre entre Eurípedes Júnior, apoiador de Lula, e Marcos Holanda, que defende a candidatura de Marçal. Não é a primeira vez que as trocas no comando colocam em xeque o espaço do empresário para disputar a Presidência.  

No dia 5 de agosto, o ministro do TSE Ricardo Lewandowski devolveu o comando da legenda a Eurípedes, que havia firmado acordo com o PT para compor a coligação que apoia a chapa de Lula e Geraldo Alckmin (PSB). Caso tenha o apoio do Pros, Lula igualará a maior coligação da história brasileira, alcançada pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2010, de 10 partidos, aumentando também o seu tempo de televisão e rádio.

Em nota, o candidato afirmou que, caso seja confirmada a aliança com o PT, haverá debandada de membros do partido. "Os 911 candidatos que vieram ao meu convite sairão do partido. Isso inviabilizará as nominatas homologadas na convenção e será a última eleição do Pros", disse Marçal

André Janones desiste de candidatura à Presidência para apoiar Lula

O candidato do Avante à Presidência da República, o deputado André Janones (MG), desistiu oficialmente da candidatura no último dia 4 e decidiu apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Janones e Lula se reuniram na tarde desta quinta-feira (4), em São Paulo. O deputado já tinha indicado que tomaria a decisão de apoiar o ex-presidente.

FONTE: Correio Brasiliense
Veja Também
Tópicos