SEÇÕES

Moraes nega transferência de Roberto Jefferson para hospital particular

Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro disse que hospital do sistema prisional tem plena capacidade de atender o ex-deputado

FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes negou o pedido de transferência do ex-deputado Roberto Jefferson do presídio Pedrolino Werling (Bangu 8) para um hospital particular na Barra da Tijuca. 

Moraes nega transferência de Roberto Jefferson para hospital particular

O ministro do STF acolheu o posicionamento da Procuradoria-Geral da República (PGR) contrário à transferência, mas determinou que a Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (SEAP-RJ) emitisse um laudo médico apontando se o Pronto Socorro Geral Hamilton Agostinho teria condições de  “tratar o paciente e realizar exames imprescindíveis diante do atual estado de saúde”.

De acordo com a defesa de Jefferson, que apresentou um laudo assinado pelo médico Antonio Talvane Torres de Oliveira, o ex-deputado precisaria  ser internado urgentemente para se submeter a exames e teria perdido 20 quilos nos últimos dois meses.

Com a documentação juntada pela SEAP-RJ, indicando a plena capacidade do estabelecimento prisional  de “efetivar o tratamento que o preso necessita, consignando, de forma expressa, que os exames indicados pelo médico particular podem ser realizados no âmbito prisional ou mediante busca de vaga no Serviço Universal de Saúde (SUS)“, Moraes indeferiu o pedido da defesa de Jefferson. 

Veja Também
Tópicos