SEÇÕES

'Enem dos concursos' tem número recorde de inscritos, diz governo

Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) alcançou a marca de 1,7 milhão de inscrições nesta quarta-feira (7)

'Enem dos concursos' tem número recorde de inscritos, diz governo | Rovena Rosa/Agência Brasil
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

O "Enem dos concursos", segundo o governo federal, estabeleceu um novo recorde como o maior concurso da história do país em termos de inscrições, com um total de 1,7 milhão de candidatos registrados até esta quarta-feira (7), conforme anunciado pelo Ministério da Gestão, responsável pelo certame. 

O prazo para inscrições permanece aberto até sexta-feira (9). Em comparação, o Enem tradicional, voltado para ingresso em universidades, recebeu 3,9 milhões de inscrições em sua última edição, refletindo um aumento de 13,1% em relação a 2022. 

Em outras seleções, como a Fuvest, houve 110 mil inscritos, e na Unesp, 67 mil. Com o novo formato proposto para este ano, os candidatos terão a oportunidade de concorrer a diversas vagas no serviço público através de uma única prova, com o pagamento de apenas uma taxa de inscrição.

CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA INSCRIÇÃO

Segundo o Ministério da Gestão, o objetivo do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) é fomentar a igualdade de oportunidades no acesso aos cargos públicos efetivos da administração pública federal. 

Estão disponíveis 6.640 vagas, abrangendo níveis médio e superior, distribuídas entre 21 órgãos federais. Os candidatos aprovados serão designados para trabalhar em diversas cidades em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. Alguns cargos requerem formações específicas, enquanto outros estão acessíveis a candidatos graduados em qualquer área de conhecimento. Os salários iniciais podem chegar a até R$ 22,9 mil. 

Adicionalmente, dentro do total de vagas para cada cargo, 5% serão reservadas para pessoas com deficiência (PCDs), enquanto 20% serão destinadas a pessoas negras. Na Funai, 30% das oportunidades serão direcionadas para indígenas. As provas estão agendadas para o dia 5 de maio em 220 cidades por todo o Brasil, o que significa que, conforme afirmou a ministra Esther Dweck, 94% dos brasileiros residem a até 100 km de um local de aplicação de prova. A responsabilidade pela organização do concurso é da Fundação Cesgranrio.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos