Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Piauí consegue mais 20 respiradores após apreensão

Equipamentos chegaram nesta quinta, o Estado havia feito a compra com uma empresa de SP que não tinha honrado o compromisso

Compartilhe

Chegou ao Piauí nesta quinta-feira, 18  de junho, o avião com mais 20  ventiladores mecânicos adquiridos pelo Estado junto a uma empresa da cidade de Osasco. A compra efetuada há mais de dois meses não havia sido honrada, assim, o Executivo Estadual teve que acionar a Justiça para ter  o recebimento  garantido. O  caso foi parar no Supremo Tribunal Federal.

LEIA MAIS: W.Dias agradece o envio do Governo Federal de mais 20 respiradores

Crédito:Divulgação

A chegada dos equipamentos médicos só foi possível após uma busca e apreensão determinada pela Justiça na empresa contratada. Ao todo, 61 respiradores já foram apreendidos a favor do Piauí, ainda faltam 19 a serem recebidos, completando os 80 comprados pelo Governo.

Para garantir os ventilares mecânicos, o Governo fretou uma aeronave para buscá-los. Com os equipamentos, imprescindíveis para os pacientes em estado grave com a Covid-19, o Piauí irá reforçar a sua rede hospitalar, com mais leitos de terapia intensiva disponíveis, desafogando o sistema que começa a ficar super demandado.


Os equipamentos serão utilizados para reforçar os leitos de UTIs no estado. De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi), 61% dos leitos com respiradores estão ocupados. O Piauí tem 431 leitos de UTIs e desses 263 estão ocupados.

Crédito:Divulgação

“Com esses equipamentos, estamos fortalecendo as unidades de saúde da capital e interior do estado, cumprindo o nosso objetivo de salvar vidas. Nós sabemos que esses são equipamentos essenciais para ampliar nossa capacidade de terapia intensiva e com a chegada desses novos respiradores, teremos mais possibilidades de atender nossa população”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

De acordo com o gestor, sob o comando do governador Wellington Dias foi travada uma verdadeira corrida para ampliar e fortalecer a rede para enfrentar possíveis picos da doença no estado e evitar o colapso na rede de saúde.


“Estamos verificando um crescimento da necessidade de leitos de terapia intensiva, com a chegada desses equipamentos temos um reforço nesse tipo de serviço, assegurando qualidade e acesso da população à saúde”, afirma Florentino Neto.

Crédito;Divulgação

Crédito:Divulgação


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar