Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Cinco benefícios da amamentação comprovados cientificamente

O aleitamento materno traz diversos benefícios à saúde da mãe e do bebê: entre eles, reforço da imunidade da criança e prevenção à depressão pós-parto

Slide 5 de 5
Compartilhe

5. Antídoto para a depressão

Estudos mostram que as mulheres que amamentam são menos propensas a desenvolver depressão pós-parto, condição que aflige 15% das mamães. A amamentação provoca mudanças hormonais, como o aumento da produção da ocitocina, hormônio que age nas regiões cerebrais responsáveis por estimular o cuidado maternal, a criação de laços entre mãe e filho e a sensação de relaxamento.

A Semana Mundial do Aleitamento Materno, celebrada desde 1992 entre os dias 1º e 7 de agosto, é uma campanha da Aliança Mundial para Ação de Aleitamento Materno (WABA, na sigla em inglês), com ações de conscientização em 120 países e 14 idiomas. Em 2020, o tema central é “Apoie o aleitamento materno para um planeta mais saudável”, chamando a atenção para a relação entre amamentação, meio ambiente e mudanças climáticas.

 A WABA foi formada a partir da Declaração Innocenti, documento elaborado em 1990 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). A declaração busca estimular políticas públicas para promover e apoiar a amamentação, que tem seus benefícios para mãe e bebê (e o mundo) cada vez mais reconhecidos pela ciência.

Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar