Bruno terá o maior salário do Boa Esporte, diz revista

Time mineiro já perdeu patrocinadores após a contratação do goleiro

Recém-contratado pelo Boa Esporte após servir quase sete anos na prisão acusado de ser responsável pelo homicídio de Eliza Samudio, o goleiro Bruno terá o maior salário do time mineiro, segundo a revista "Veja".

De acordo com a revista, o goleiro de 32 anos irá receber R$ 30 mil por mês, o maior salário do clube, sem contar premiações e bônus por objetivos cumpridos em campo.

Antes da chegada do goleiro, o maior salário do Boa Esporte, que disputará a Série B do Campeonato Brasileiro, era do meia Radamés. Antes de ir para a prisão, em 2010, Bruno atuava no Flamengo e recebia R$ 200 mil por mês.

Goleiro Bruno em apresentação (Crédito: Reprodução)
Goleiro Bruno em apresentação (Crédito: Reprodução)

A contratação do goleiro gerou polêmica no mundo do futebol, após Bruno ver o STF deixá-lo responder pelo crime em liberdade até que o processo seja julgado em segunda instância.

O Boa Esporte mesmo já vem sofrendo as consequências, com a perda de quatro patrocinadores, ameaças de deixar Varginha e ainda uma verdadeira avalanche de comentários negativos nas redes sociais.

Mesmo assim, o time mineiro promete manter o atleta para cumprir seu contrato de dois anos - isso, caso, não precise retornar à cadeia, onde já estava preso há quase sete anos.



Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com