mais

Flamengo x Grêmio terá público na quarta, garante presidente do STJD

Otavio Noronha diz não haverá sessão extraordinária para avaliar o pedido e que “a princípio” decisão será tomada no julgamento marcado para o dia 23

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Otavio Noronha, disse que ainda não há data para analisar o pedido dos clubes para suspender a liminar do próprio Tribunal favorável ao Flamengo para ter público nos três jogos que servirão como eventos-teste, a partir da liberação da Prefeitura do Rio de Janeiro.

- Irei analisar ainda. Ainda não (há data). Nós temos pautas definidas. Não faremos uma extraordinária, (segue) rito normal.

Flamengo x Grêmio terá público na quarta, garante presidente do STJD - Imagem 1

Gramado do Maracanã para Flamengo x América-MG — Foto: Divulgação


O presidente acrescentou que “a princípio” a decisão será tomada apenas na data em que está agendado o julgamento da liminar, dia 23 de setembro.

Assim, caso não haja decisão contrária a tempo, o confronto com o Grêmio, quarta-feira, pela Copa do Brasil, no Maracanã, está garantido com a presença de torcedores.

- Existe uma liminar em vigor e decisão é para ser cumprida. Não cabe descumprimento.

O Flamengo conseguiu autorização do STJD para jogar com público, mesmo contra a vontade da Confederação Brasileira de Futebol e a maioria dos clubes que disputam as competições nacionais. Com a liberação da prefeitura do Rio para conduzir três jogos como eventos teste, o clube iniciou a venda de ingressos e manterá sua posição.


Na sexta-feira, os clubes entraram com o pedido para suspender a liminar ou antecipar o julgamento da ação movida pelo Flamengo, marcado para o dia 23.

O Flamengo tem apenas a liberação da Prefeitura para realizar os três jogos, os dois contra o Grêmio, e a partida diante do Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores.

- O decreto é claro. A prefeitura autorizou o percentual de público apenas para os três jogos. Não é uma decisão por tempo indeterminado. O jogo seguinte, por exemplo, não terá público, porque nem haveria tempo hábil - diz o secretário de saúde do Rio, Daniel Soranz.

Pelos protocolos, a Prefeitura vai acompanhar por 15 dias os torcedores que entrarem os estádios. Vasco, Botafogo e Fluminense não solicitaram a realização de eventos-teste, de acordo com o secretário.

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, criticou o posicionamento de Otávio Noronha.

- Com o julgamento antecipado e publicizado pelo presidente (do STJD), melhor seria anular as instâncias coletivas dos clubes dentro dos conselhos técnicos, pois nada mais valem. Tudo muito estranho.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail