SEÇÕES

Bolsa Família começa a ser pago hoje com maior valor médio da história

O programa vai contemplar 21,2 milhões de famílias neste mês e 9,8 milhões de famílias recebem mais recursos neste mês do que receberam em maio

Bolsa Família de junho começa a ser pago hoje com novos benefícios e maior valor médio da história | Divulgação
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Nesta segunda-feira (19), começa o pagamento do Bolsa Família referente ao mês de junho, trazendo consigo benefícios ampliados e o maior valor médio já registrado no programa de transferência de renda: R$ 705,40. Ao todo, 21,2 milhões de famílias serão contempladas neste mês, representando um investimento total de R$ 14,97 bilhões, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS).

Os pagamentos serão realizados pela Caixa Econômica Federal até o dia 30 de junho, seguindo a ordem do número final do NIS (Número de Identificação Social). Hoje, os beneficiários com NIS de final 1 receberão o pagamento. A partir deste mês, o governo acrescentará um valor adicional de R$ 50 para crianças de sete a 11 anos, adolescentes de 12 a 18 anos, gestantes e lactantes. Esses acréscimos garantem que 9,8 milhões de famílias recebam mais recursos em junho do que receberam em maio.

Em março, quando foi relançado, o Bolsa Família iniciou o pagamento de R$ 150 por família com crianças de até seis anos. Completando o valor mínimo de R$ 600 por família, o benefício pode chegar a R$ 850, somando todos os benefícios. Para se qualificar para o Bolsa Família, a principal regra é que a renda de cada pessoa da família seja de, no máximo, R$ 218 por mês. Por exemplo, se um membro da família recebe um salário mínimo (R$ 1.320) e essa família possui seis pessoas, a renda por pessoa é de R$ 217. Como está abaixo do limite de R$ 218 por pessoa, essa família tem direito a receber o benefício.

Leia Mais

O primeiro passo é estar cadastrado no Cadastro Único (clique aqui para ver como se cadastrar) com os dados corretos e atualizados. O cadastro é realizado nos postos de atendimento da assistência social nos municípios, como os CRAS, e é necessário apresentar o CPF ou o título de eleitor. É importante lembrar que, mesmo estando cadastrada no Cadastro Único, a família não começa a receber o Bolsa Família imediatamente. Mensalmente, o programa identifica automaticamente as famílias que serão incluídas e começarão a receber o benefício. Em abril, por exemplo, 113 mil famílias foram incluídas no programa.

Os cartões e senhas utilizados para sacar o Auxílio Brasil continuarão válidos e poderão ser utilizados para o recebimento do Bolsa Família. As famílias que recebem o benefício pelo aplicativo Caixa Tem, na conta Poupança Social Digital, continuarão a receber o Bolsa Família da mesma forma e poderão continuar movimentando o benefício pelo aplicativo.

Veja como fica o valor do Bolsa Família a partir de junho:

R$ 600 - valor mínimo pago por família

R$ 150 - adicional para famílias com crianças até os seis anos

R$ 50 - adicional para famílias com crianças de 7 a 11 anos e adolescentes de 12 a 18 anos

R$ 50 - adicional para família com gestantes e lactantes

Calendário do Bolsa Família de junho de 2023

19/06 - Beneficiários com NIS de final 1

20/06 - Beneficiários com NIS de final 2

21/06 - Beneficiários com NIS de final 3

22/06 - Beneficiários com NIS de final 4

23/06 - Beneficiários com NIS de final 5

26/06 - Beneficiários com NIS de final 6

27/06 - Beneficiários com NIS de final 7

28/06 - Beneficiários com NIS de final 8

29/06 - Beneficiários com NIS de final 9

30/06 - Beneficiários com NIS de final 0



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos