Força Aérea auxilia buscas por piauiense que desapareceu no mar

Piauiense desapareceu há três dias na Bacia de Campos, no Rio.

Três aeronaves da Petrobras e uma da Força Aérea Brasileira estão auxiliando a Marinha nas buscas pelo corpo do piauiense Francisco das Chagas Oliveira da Silva, de 23 anos, que desapareceu há três dias, após cair da embarcação ‘Mar Limpo III’ no mar da Bacia de Campos, a 129km de Macaé, no litoral do Rio de Janeiro.

Conforme informou a assessoria da Marinha do Brasil, as buscas foram iniciadas após as primeiras informações que chegaram através do SALVAMAR - Serviço de Busca e Salvamento da Marinha, com equipes preparadas e estrategicamente posicionadas, 24 horas por dia, que realizaram os primeiros levantamentos sobre o exato local da queda do tripulante e as coordenadas da embarcação 'Mar Limpo III'.

Piauiense Francisco das Chagas Oliveira da Silva (Crédito: Reprodução)
Piauiense Francisco das Chagas Oliveira da Silva (Crédito: Reprodução)

Um navio-patrulha, aeronave da Força Aérea Brasileira e três navios da Petrobras estão trabalhando em conjunto para conseguir localizar o corpo do piauiense. Além disso, foi emitido aviso aos navegantes da região por meio do canal de comunicação da Marinha.

Os familiares mais próximos do piauiense Francisco das Chagas se encontram no Rio de Janeiro, onde acompanham as buscas.

A Bravante, empresa onde o piauiense que desapareceu trabalhava, enviou uma nota onde se solidariza com a família do colaborador desaparecido e informa que eestá prestando toda a assistência aos seus familiares. 

Localização da embarcação que voltou para o cais após a queda do piauiense (Crédito: Traffic Marinne/G1)
Localização da embarcação que voltou para o cais após a queda do piauiense (Crédito: Traffic Marinne/G1)

Segundo o Sindicado dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF), o jovem fazia a manutenção no passadiço da embarcação, que faz recolhimento de óleo, no momento da queda.

Um inquérito será instaurado pela Marinha do Brasil para apurar as causas e responsabilidades do incidente. A empresa contratada está prestando assistência à família, conforme a Petrobras.

Veja Nota na íntegra:

"A Bravante se solidariza com a família do colaborador desparecido e está prestando toda a assistência aos familiares. A empresa está colaborando com as operações de busca realizadas pela Marinha do Brasil e investigações em curso.A Bravante esclarece que foi acionada pelo comandante do navio Mar Limpo III sobre o desaparecimento do colaborador às 17h23 da segunda-feira (18/12). A comunicação para o início do processo de contingência se deu às 17h25. A empresa seguiu o protocolo necessário para este tipo de incidente e mobilizou com dedicação integral sua alta administração e corpo gerencial para acompanhar e prover o suporte às operações.Ressaltamos que a Bravante está em conexão direta e permanente com os órgãos responsáveis pela operação de busca e se orienta a partir das informações dessas autoridades."


Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com