O Grupamento Policial Militar da Cidade de Batalha, a 165 km de Teresina, solicitou apoio da Força Tática da cidade de Esperantina neste sábado (16), depois que a guarnição de plantão descobriu que alguns presos que se encontravam em uma das celas da Delegacia de Polícia do município estavam perfurando a parede para tentar fugir.

Rapidamente, a Força Tática de serviço deslocou-se até a cidade de Batalha e, ao chegar na delegacia, comprovou a veracidade da informação.

De acordo com a PM, no interior das celas estavam 4 presos, sendo dois da cidade Batalha e dois de Esperantina. Eles haviam feito buracos usando uma colher e uma barra de ferro. Os presos também atearam fogo em alguns materiais que estavam no local.

Diante da tentativa de fuga, a Força Tática adentrou a cela e conseguiu conter o motim usando instrumentos de menor potencial ofensivo, garantindo assim a integridade dos operadores envolvidos, bem como os infratores.   

Após restabelecer a ordem no prédio, o comandante do Grupamento de Polícia Militar de batalha solicitou ao delegado de polícia daquela cidade para que transferisse os presos (veja vídeo) para outra unidade policial, principalmente porque a delegacia da cidade de Batalha ficou sem condições de custodiar presos.






Ver essa foto no Instagram










Uma publicação compartilhada por 𝐅𝐎𝐑Ç𝐀 𝐓Á𝐓𝐈𝐂𝐀 (@forcatatica_esp)