Após decreto do TJ, Moaci Jr é preso e ficará na Casa de Custódia

A decisão foi tomada devido o descumprimento das medidas cautelares

Atualizada às 19h02

O acusado de matar, em um acidente de trânsito, os idealizadores do coletivo Salve Rainha, Bruno Queiroz e Júnior Araújo, Moaci Moura da Silva é preso por policiais militares na tarde desta quinta-feira (08), após o  relator da 2ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de justiça, desembargador Sebastião Ribeiro Martins decretar na manhã de hoje a prisão preventiva de Moaci.

Moaci foi preso em sua casa e encaminhado para a Casa de Custódia de Teresina, onde ficará preso até a audiência de custódia que deve acontecer nesta sexta-feira (09). Ele estava solto por habeas corpus mas deveria obedecer medidas cautelares. 

A decisão foi tomada devido o descumprimento das medidas cautelares aplicada ao acusado. Moaci frequentou bares e similares, ingeriu bebida alcoólica e dirigiu veículos automotores mesmo estando proibido pela justiça.

decisao prisao preventiva 2573-2.pdf

A advogada de acusação Jakeline Carvalho entrou com o pedido de prisão preventiva de Moaci Moura da Silva Júnior há 4 meses sob alegação de que ele estaria descumprindo medidas cautelares impostas pela justiça.

Moaci Moura da Silva Júnior
Moaci Moura da Silva Júnior (Crédito: Reprodução)

A advogada de acusação relata que um amigo de Moaci postou no Instagram, no Stories: “meu amigo véi vai fazer falta no Piauí”, a qual o acusado estaria se despedido deum amigo, o que indicaria que estaria deixando a cidade de Teresina.

 (Crédito: Reprodução/ Instagram)
(Crédito: Reprodução/ Instagram)



Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com