Faleceu na tarde desta segunda-feira (1°), o sargento Teixeira, lotado no 13° Batalhão de Polícia Militar (BPM), aos 56 anos. Ele estava internado em um hospital particular de Teresina em tratamento de um câncer, que já estava em estado avançado. 

A informação foi confirmada ao Meionorte.com pela major Josilene Alves, comandante do 13° BPM. Com 35 anos de profissão, a major destacou a atuação vibrante do sargento em seu tempo de serviço. “Ele estava debilitando, fraquinho já desse tratamento de câncer e não resistiu. Ele era lotado no 13 BPM e era um policial vibrador, atuante no serviço e que gostava muito na operacionalidade. Quando eu cheguei ao comando ele já estava afastado por conta da doença, mas o conhecia antes”, disse. 

Sargento Teixeira, o “Teixeirão”, morre em hospital particular de Teresina (Foto: Rede Meio Norte)Sargento Teixeira, o "Teixeirão", morre em hospital particular de Teresina (Foto: Rede Meio Norte)

Conhecido como 'Teixeirão', o sargento ingressou na corporação no dia 2 de julho do ano de 1987. Ele foi homenageado em 2021 no Programa Ronda Nacional, do apresentador Silas Freire, da Rede Meio Norte, juntamente com outros profissionais da linha de frente da segurança, que atuam no combate à violência do Piauí. Ele foi reconhecido na categoria “Botou moral na segurança 2021”. O jornalista lamentou a morte do sargento: "Sentiremos saudades patrulha do Teixeirão". 

Familiares chegaram a fazer uma campanha solidária para arrecadar fundos voltados para o custeio de seus tratamentos. Ele será velado na Igreja de São Sebastião, ao lado do Quartel do Comando Geral (QCG), no bairro Cristo Rei, na zona Sul de Teresina.