Nos postos de gasolina ao longo das principais avenidas nas zonas Sul, Sudeste, Leste e Norte de Teresina, o preço da gasolina ainda não sofreu queda e está custando de $ 6,73 a R$ 6,99, mesmo após a redução do Imposto sobre Circulação e Serviços (ICMS). 

A reportagem do Jornal Meio Norte circulou na manhã desta quarta-feira (13) pelas avenidas mais movimentadas da cidade, conferindo os valores cobrados em mais de 10 estabelecimentos. 

Posto Ipiranga situado na Avenida Raul Lopes, zona Sul de Teresina (Foto: Ananda Soares)Posto Ipiranga situado na Avenida Raul Lopes, zona Sul de Teresina (Foto: Ananda Soares)

O Governo do Piauí sancionou a lei que regulamenta a redução do ICMS de 31% para 18% sobre combustíveis, energia elétrica e serviços de comunicação no Piauí. Todavia, como a redução foi regulamentada na noite de terça-feira (12), os estabelecimentos alegam que é preciso desovar estoques já comprados antes de iniciar o repasse da redução. Além disso, não há tabelamento nem lei que garanta a diminuição dos preços por parte dos postos, apenas dependendo que a livre concorrência entre os estabelecimentos faça diferença no bolso do consumidor.

Em dois postos de gasolina situados na Avenida Barão Castelo Branco, na zona Sul de Teresina, o preço do litro da gasolina está sendo vendido nesta quarta por R$ 6,73. Segundo funcionários dos estabelecimentos Posto Presidente e Posto Santa Teresinha, esse é o mesmo preço praticado antes da aprovação da redução do ICMS.

Posto Divino, situado na zona Sudeste de Teresina (Foto: Ananda Soares)Posto Divino, situado na zona Sudeste de Teresina (Foto: Ananda Soares)

Na zona Sudeste da capital piauiense, a situação é a mesma. Em três postos de gasolina localizados nas avenidas Paulo Ferraz e José Francisco de Almeida Neto o preço varia de R$ 6,69 a R$ 6,94. Os postos Ipiranga, Cacique e Divino frisam que os valores não foram ajustados em razão do uso do estoque adquirido antes da redução do imposto.

Na zona Leste de Teresina, nos postos Uchoa Maxxi, Shell e Ipiranga, nas avenidas João XVIII e Raul Lopes, respectivamente, o preço varia de R$ 6,75 a R$ 6,80. 

“No momento, a redução é precoce para chegar na bomba. Acredito que demore uns 5 ou 10 dias para ter o fluxo com a distribuidora, que tem armazenamento de até um milhão de litros. O preço vai começar a cair na bomba com o passar dos dias”, falou Francisco Morais, gerente de um posto de gasolina situado na zona Leste.

Na zona Norte da capital média de preços é R$ 6,75 nas Avenidas Marechal Castelo branco e Petrônio Portela. Os postos Shell V-Power e Cacique também mencionam que estão utilizando o estoque comprado antes da resolução.

O presidente do Sindicato dos Postos Revendedores de Combustíveis do Estado do Piauí (Sindipostos) informou que o preço final da gasolina no Piauí deve ficar R$ 0,66 mais barato com a redução da alíquota do ICMS. No início da semana, o seecretário da Fazenda do Piauí, Antônio Luiz, divulgou que esse valor seria de R$ 1,33.