A Unimed Teresina conquistou novamente a maior pontuação do Piauí no programa de Qualificação das Operadoras 2021, ano-base 2020, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A cooperativa atingiu a nota 0,7362, em que 1,0 é a nota máxima a ser obtida, dentro do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) e ficou com o melhor resultado do estado. A operadora que obteve a segunda melhor nota chegou a 0,6730, e a terceira alcançou 0,6627.

Unimed Teresina atinge maior pontuação do Piauí em avaliação da ANS - Imagem 1

O IDSS é um tipo de nota que permite comparar as empresas do setor de saúde suplementar dentro dos mesmos parâmetros. Conforme a ANS, o IDSS é composto por um conjunto de indicadores que avaliam as operadoras em critérios de qualidade; atenção à saúde - sobre um conjunto de ações de promoção, prevenção e assistência à saúde prestada; garantia de acesso; sustentabilidade no Mercado e gestão de processos e regulação. Para o beneficiário a nota representa um importante parâmetro de qualidade dos serviços prestados.

A operadora conquistou a maior pontuação do Piauí no programa de Qualificação das Operadoras da Agência Nacional de Saúde Suplementar | Foto:AscomA operadora conquistou a maior pontuação do Piauí no programa de Qualificação das Operadoras da Agência Nacional de Saúde Suplementar | Foto:Ascom

De acordo com o Presidente do Sistema Unimed Teresina, o médico urologista Emmanuel Fontes (CRM – 1912), esse resultado evidencia um compromisso constante com melhorias na qualidade da assistência à saúde baseadas na profissionalização da gestão da Unimed Teresina. “Esse reconhecimento mostra que estamos no caminho certo, focados na alta performance dos nossos indicadores por meio de uma gestão profissionalizada e de equipes engajadas. A Unimed vai continuar investindo cada vez mais no cuidado de excelência aos seus beneficiários e a todas as pessoas que precisarem dos nossos serviços", enfatiza o presidente.