Um jovem, identificado como Pedro Gabriel, foi preso nesta sexta-feira (27), suspeito de estar envolvido no assassinato de um homem que ocorreu no dia 6 de abril de 2020, no Bairro Todos os Santos, Zona Sudeste de Teresina. Um outro suspeito, de nome Francisco das Chagas, já havia sido preso em maio do ano passado.

De acordo com informações do repórter Ivan Lima para a Rede Meio Norte, o suspeito havia fugido para o estado do Rio Grande do Sul em busca de trabalho na área da costrução civil e foi preso após o fim do seu contrato, que o fez retornar ao Piauí. 

Pedro Gabriel foi preso nesta sexta-feira (Foto: Meio Norte)Pedro Gabriel foi preso nesta sexta-feira (Foto: Meio Norte)

"O Pedro era investigado devido a um homicídio. Em primeiro momento, foi preso o primeiro envolvido, que era o Francisco das Chagas, e agora foi preso o Pedro Gabriel, tento em vista que ele se encontrava na região do Rio Grande do Sul, estava trabalhando com a construção civil lá. Com o fim do contrato, ele retornou, nossa equipe tomou conhecimento e efetuou a prisão com sucesso", informou o delegado do DHPP, Bruno Ursulino.

Segundo os depoimentos da época, a vítima praticava uma série de assaltos e eles decidiram agir como uma espécie de justiceiros. "Apesar disso, a gente acredita que a motivação seja muito mais questões do mundo do crime, como posse das regiões que residem, como forma de declarar poder" declarou o delegado.

Pedro Gabriel foi preso nesta sexta-feira (Foto: Meio Norte)Pedro Gabriel foi preso nesta sexta-feira (Foto: Meio Norte)

Entenda o caso

Francisco Anderson Viana, conhecido como "Babuíno", de 26 anos, foi assassinado com seis disparos de arma de fogo na madrugada de segunda-feira (06 de abril de 2020) no Loteamento Recanto dos Pássaros, no Bairro Todos os Santos, Zona Sudeste de Teresina.

A vítima foi abordada por dois homens quando estava próximo de sua casa, que efetuaram os disparos de arma de fogo e fugiram. Ainda de acordo com a Polícia Militar, o jovem foi levado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Bairro Renascença, mas morreu antes mesmo de receber o atendimento médico.

No dia 18 de maio de 2021, Francisco das Chagas, conhecido como “Chiquin”, foi preso pela Polícia Civil. Em depoimento à polícia, ele confessou a prática do homicídio e alegou que o motivo da ação delituosa teria sido porque a vítima supostamente estava lhe ameaçando. 

Francisco das Chagas havia sido preso em maio de 2021 (Foto: PC-PI)Francisco das Chagas havia sido preso em maio de 2021 (Foto: PC-PI)