mais

Lázaro Barbosa "descarregou" arma em policiais durante confronto em Goiás

Lázaro foi morto na região de Itamaracá, em Águas Lindas-GO. No fim de semana, o criminoso foi visto próximo à casa da ex-sogra


Após a morte de Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, na manhã desta segunda-feira (28), o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, deu entrevista coletiva sobre o caso. Miranda revelou que Lázaro descarregou uma pistola .380 contra os policiais e que, por isso, os agentes reagiram.

Lázaro foi morto na região de Itamaracá, em Águas Lindas-GO. No fim de semana, o criminoso foi visto próximo à casa da ex-sogra (que estaria o ajudando e vai depor à polícia). Policiais encontraram o fugitivo nesta manhã, e iniciou-se uma troca de tiros. O fugitivo foi atingido e levado ao hospital Bom Jesus, onde acabou não resistindo.

Lázaro passou 20 dias, foragido - Foto: ReproduçãoLázaro passou 20 dias, foragido - Foto: Reprodução

Nos bolsos dele, segundo o secretário, foi encontrado cerca de R$ 4,5 mil em espécie. Este fator, para o secretário, indica que o criminoso planejava fugir para outro estado “ou até para outro país”.

Miranda explicou que outros “sete a oito crimes” estão apurados, e que Lázaro pode tê-los cometido com a ajuda de comparsas. Estes crimes teriam ocorrido na região entre Cocalzinho e Águas Lindas (GO) e também no Estado da Bahia. A Polícia Civil (PCGO) vai investigar os casos. “Ainda temos outras pessoas para investigar e prender”, disse o secretário. 

Chacina

Lázaro passou 20 dias, foragido desde a última quarta-feira (9), quando invadiu a chácara de Cláudio Vidal de Oliveira, 48, e Cleonice Marques Andrade, 43. Eles moravam com os filhos Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. A suspeita é que o homem tenha adentrado a residência da família para roubá-los. Cleonice teria percebido a invasão e tentado ligar para um familiar relatando o caso. Lázaro reagiu matando o marido e os filhos de Cleonice e fugiu com ela em cerca de 10 minutos.

Três dias depois, o corpo de Cleonice foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros (CBMDF) no Córrego da Coruja, localizado entre a BR-070 e a DF-180. Lázaro raptou Cleonice após invadir a casa dela e matar o marido e os dois filhos da mulher. Cleonice estava nua e com ferimentos na nádega esquerda quando foi encontrada. O irmão dela reconheceu o corpo. A 24ª Delegacia de Polícia (Setor O) registrou a ocorrência da localização do cadáver.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail