SEÇÕES

Agressor do filho de ministro do STF já foi candidato a prefeito pelo PL

Mantovani concorreu nas eleições municipais de 2004 na cidade de Santa Bárbara d'Oeste, no interior de São Paulo

O ministro foi alvo de volência física e verbal | Reprodução/Internet
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Roberto Mantovani Filho, empresário e ex-candidato a prefeito pelo PL, partido que atualmente hospeda o ex-presidente Jair Bolsonaro, foi apontado como um dos agressores do filho do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. Mantovani concorreu nas eleições municipais de 2004 na cidade de Santa Bárbara d'Oeste, no interior de São Paulo, mas foi derrotado.

Roberto Mantovani Filho | Foto: Reprodução

Leia Mais

Segundo informações da Polícia Federal (PF), Mantovani participou das agressões a Moraes e seu filho no aeroporto internacional de Roma, na última sexta-feira (14). De acordo com relatos, o ministro foi xingado de "bandido", "comunista" e "comprado" por uma mulher identificada como Andreia Munarão. Posteriormente, Roberto Mantovani teria agredido fisicamente o filho do magistrado com um tapa. O filho de Moraes interveio na discussão para defender seu pai.

Mantovani Filho é marido de Andreia e empresário na cidade interiorana de São Paulo. Um terceiro suposto agressor, Alex Zanatta, genro do empresário, continuou com os xingamentos ao lado de Roberto e Andreia no aeroporto de Roma.

No momento do incidente, o ministro não estava acompanhado de escolta policial. A PF já identificou todos os agressores, que desembarcaram no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo, na manhã do último sábado (15). Eles respondem em liberdade a um inquérito policial por crimes contra honra e ameaça.

Saiba mais em: Meionorte.com



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos