Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Uruçuí: Menores acusados de estuprar e matar são ouvidos por juiz

Compartilhe

Os três adolescentes acusados de estuprar a jovem de apenas 15 anos de idade que se encontra grávida e degolar o namorado dela identificado como Flaviano da Silva Marinho, de 19 anos, foram apresentados ao juiz da cidade de Uruçuí, Rodrigo Tolentino, na manhã de hoje no Complexo da Cidadania, na 2ª Vara da Infância e Juventude, em Teresina. 

O juiz Rodrigo Tolentino falou sobre o objetivo da apresentação realizada hoje. “O principal é analisar as condições de vida deles, de onde eles são, o nível de escolaridade, aspecto socioeconômico de cada um deles e isso é lavado em consideração como fator importante”, afirmou o promotor.

 Juiz Rodrigo Tolentino (Crédito: Rede Meio Norte)
Juiz Rodrigo Tolentino (Crédito: Rede Meio Norte)

Os menores foram indiciados pela polícia pelos crimes de homicídio, latrocínio {roubo seguido de morte], estupro e ocultação de cadáver. O Ministério Público, entretanto, foi mais rigoroso.

O promotor do caso, Gerson Gomes Pereira, representou os adolescentes por quatro crimes. “Como nesse caso, que é autuação de menores, o Ministério Público entendeu que os atos infracionais equiparados à crimes praticados por eles são diferentes, e representou eles por homicídio, latrocínio, estupro, ocultação de cadáver e roubo”, disse.

Um dos menores, conforme o promotor, possui pelo menos 10 passagens pela polícia. “Um desses adolescentes tem passagens pelo Ministério Público na promotoria da Uruçuí, como, por exemplo, por uso de drogas, pequenos furtos e que são crimes, mas por serem praticados por menores são atos infracionais”, acrescentou.

Os adolescentes estão no Centro de Internação Provisória. Após a audiência de hoje, a Defensoria Pública terá três dias para apresentar a defesa. O processo precisa ser julgado em até 45 dias. 

Promotor Gerson Gomes Pereira (Crédito: Rede Meio Norte)
Promotor Gerson Gomes Pereira (Crédito: Rede Meio Norte)

Jovem  grávida quase foi assassinada 

Ao prestar depoimento, conforme o delegado,  a jovem grávida de cinco meses contou que assistiu o namorado ser degolado e quase foi assassinada também. “Ela, ao acompanhar o momento em que o namorado era jogado no rio, um dos menores, que tem 16 anos, olhou para ela disse: 'Agora nós vamos matar ela'. O outro, também de 16 anos, falou: 'Não. Ela nós não vamos matar'. Durante a discussão entre matar ou não, eles optaram, graças a Deus, por não matar a jovem. Depois de decidirem isso, eles chegaram e falar para ela: 'Tu devia agradecer tua vida a nós', que nós não vamos te matar porque tu é bonita'”, contou o delegadso. 

Flaviano da Silva Marinho ao lado da namorada (Crédito: Reprodução)
Flaviano da Silva Marinho ao lado da namorada (Crédito: Reprodução)


Crime se assemelha com Estado Islâmico

Para o delegado, que está à frente das investigações, o caso se assemelha com às atrocidades promovidas pelo grupo terrorista Estado Islâmico, que comete crimes dessa natureza, como decapitação. O grupo grava em vídeos que em seguida são divulgados na internet, o que segundo o delegado, era objetivo dos adolescentes no crime ocorrido em Uruçuí. 

“Essa é uma analise que a gente faz do decorrer de toda a ação deles, porque o menor de 13 anos, no momento em que o de 16 estava cortando o pescoço do jovem, ele queria filmar, mas não conseguiu por ser o aparelho da vítima de difícil manuseio. Tudo leva a crê que após realizar todo esse crime cruel, eles iam lançar esses vídeos na internet, a fim se autopromover e se autoafirmar. Aqui nós temos vários menores problemáticos, sendo que 90% deles estão internados em Teresina, graças ao trabalho da polícia”, esclareceu. 

O crime

Por volta de 00h30 do dia (03/05) a  adolescente grávida de cinco meses foi estuprada e o seu namorado foi degolado por três menores na ponte que faz divisa entre os municípios de Uruçuí e Benedito Leite, no Maranhão.

O casal se encontrava no local quando foi abordado pelos criminosos que os renderam e levaram para um matagal. Lá eles degolaram o rapaz na frente da jovem, em seguida a estupraram e roubaram a moto e os celulares das vítimas.

Menores acusados (Crédito: Reprodução)
Menores acusados (Crédito: Reprodução)



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar