Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Menina morta em incêndio foi enterrada como indigente, afirma mãe

Compartilhe

Os moradores do assentamento oito de março, no povoado Chapadinha, na zona Sul de Teresina, estão passando por muitas dificuldades para reconstruir suas casas. A família da menina Eloá de Sousa, que morreu depois de um incêndio que atingiu mais de 800 barracos na localidade, pede ajuda e afirma que a filha foi enterrada como indigente.

“Já se passaram quase quatro meses, eu sonho com minha filha direto e acordo em gritos, em prantos. É muito difícil para mim, nos meus sonhos ela estava nos meus braços e não queria mais acordar”, afirmou a mãe da menina.

Ainda de acordo com ela, a família pede ajuda para reconstruir a vida. “Só o terreno que está lá, eu não tenho condições de reconstruir minha casa, até agora não arrumei nenhum emprego. Minha filha foi enterrada como indigente e até agora eu não consegui fazer o exame, eu já fui no IML e todas as vezes eles dizem para eu ir depois, só que é tão ruim ficar indo naquele lugar”, disse.

Antônio, morador do assentamento, também pede ajuda para a comunidade. “Nós estamos nessa dificuldade, carentes de ajuda para materiais de construção, aqui molha tudo quando chove”, afirmou.



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar