Empreśario suspeito de corrupção na Fifa paga R$ 68 mi de fiança

O empresário subornava para manter contratos com a Fifa.

O empresário Alejandro Burzaco, que é um dos investigados por corrupção na Fifa, pagou cerca de 0 milhões de dólares ( R$ 68,4 mi) para não ser preso. De acordo com o jornal diário Clarín, ele cumprirá pena em sua casa, nos Estados Unidos.

Segundo as investigações do FBI, Burzaco subornava para manter contratos de publicidade com a Fifa. Ele teria pago mais de 110 milhões de dólares (mais de R$ 376 mi). Os advogados afirmaram que a fiança será paga com dinheiro vindouro das empresas do empresário.

Image title

Escândalo na Fifa

De acordo com as investigações, foram roubados mais de U$$ 150 milhões ( R$ 450 milhões) em transmissões na América do Sul e nos Estados Unidos. Além disso, segundo a investigação, o esquema vem acontecendo desde o ano de 1990.

Nesta quarta-feira, uma operação especial na Suíça, sob liderança do FBI, prendeu sete dirigentes da Fifa e cinco executivos indiciados por extorsão e corrupção, dentre eles o ex-presidente da CBF, José Maria Marin




Fonte: Com informações do Terra