mais

Polícia prende ex-namorado acusado de agredir jornalista da Record

A Polícia Militar de Goiás prendeu hoje Ricardo Hilgenstieler, ex-namorado da apresentadora do "Cidade Alerta" da Record de Goiânia, Silvye Alves, em Goiânia.

Polícia prende ex-namorado acusado de agredir jornalista da Record
Jornalista agredida | Google

A Polícia Militar de Goiás prendeu hoje Ricardo Hilgenstieler, ex-namorado da apresentadora do "Cidade Alerta" da Record de Goiânia, Silvye Alves, em Goiânia. Ele teria invadido o apartamento da jornalista e, em seguida, agrediu ela na presença do filho, de 11 anos.

Ricardo Hilgenstieler, ex-namorado da apresentadora do Cidade Alerta, Silvye AlvesRicardo Hilgenstieler, ex-namorado da apresentadora do Cidade Alerta, Silvye Alves

Ex namorado de jornalista é preso

Ricardo foi preso prestes a pegar um avião no aeroporto de Goiânia por agentes do 9º BPM. Ele foi encaminhado à Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM). Procurada pelo UOL, a assessoria de Silvye informou que, no momento, ela não vai se manifestar sobre o assunto.

Ela faz desabafo nas redes sociaisEla faz desabafo nas redes sociais

Jornalista fala no instagram

No Instagram, a apresentadora pediu orações e disse que a dor maior foi o filho presenciar a agressão. Não está sendo fácil. A dor física só não é pior que a dor na alma. A maior tristeza de tudo isso foi ver meu filho sofrer. Prometi nunca fazê-lo sofrer e hoje aconteceu o pior. Peço orações a vocês, cessem o ódio, por favor, isso não leva a lugar nenhum. Assim que conseguir, vou conversar com vocês. Se puder, nos coloquem em suas orações.

Silvye comanda o "Cidade Alerta" local há cinco anos e também teve passagem pelo "Balanço Geral". 

Ricardo Hilgenstieler, ex-namorado da apresentadora acusado de agressão. Ele está presoRicardo Hilgenstieler, ex-namorado da apresentadora acusado de agressão. Ele está preso

Denuncie

Em caso de violência, denuncie Sempre que presenciar um episódio de agressão contra mulheres, ligue para 190 e denuncie.

Ligue 180 e denuncieLigue 180 e denuncie

Vale lembrar que casos de violência doméstica são aqueles em que o agressor mora na mesma casa da vítima e, na maior parte, são cometidos por parceiros ou ex-companheiros, mas a Lei Maria da Penha também pode ser aplicada em agressões cometidas por familiares. Também é possível realizar denúncias pelo número 180 — central de atendimento à mulher — e do Disque 100, que apura violações aos direitos humanos.

Fonte: UOL

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail