Marcelo se despediu do Real Madrid durante emocionante cerimônia, nesta segunda-feira (13), após 16 temporadas no clube merengue. Em seus 15 anos no time, o jogador conquistou vários títulos sendo lateral esquerdo.

"Agradeço aos meus companheiros, treinadores, mas sobretudo aos roupeiros, aos seguranças, às pessoas que trabalham nos bastidores e fazem o trabalho sujo. Quero destacar o trabalho deles, porque só me dedico a jogar e sempre tive tudo pronto", disse Marcelo, com a voz embargada.

Marcelo se despede do Real Madrid em cerimônia emocionante (Foto: EFE/Javier Lizón)Marcelo se despede do Real Madrid em cerimônia emocionante (Foto: EFE/Javier Lizón)"Quero agradecer a minha esposa, pois ela sempre esteve ao meu lado desde que comecei a jogar futebol. Se sou o que sou hoje é por sua causa, Clarice. Quando saí do Brasil, tinha em mente jogar a Champions League. E hoje saio daqui sendo o jogador com mais títulos da história do maior clube do mundo", afirmou o brasileiro.

Aos 34 anos, Marcelo deixa o Real com 25 títulos, maior vencedor da história do time espanhol. São cinco Champions, quatro Mundiais de Clubes, seis Campeonatos Espanhóis, entre outras conquistas.

Durante a cerimônia, o brasileiro também fez Raúl, ex-atacante e um dos maiores ídolos do Real, chorar.

"Vou contar uma coisa que nunca contei. Mas quero agradecer a Raúl, que está sentado lá. Você me ajudou muito quando cheguei e quando meu filho Enzo nasceu. Nunca esquecerei que você me deu um presente, com muitas coisas para o bebê, e você me deu muitos conselhos. Você sempre foi muito carinhoso, você e sua família, e eu nunca vou esquecer isso e sempre quis seguir seu exemplo", declarou Marcelo, que ainda não sabe onde vai jogar, mas não se mostra preocupado.

"Não penso muito no futuro. O mais difícil é dizer adeus. Vestir esta camisa é a coisa mais linda. O futuro não me assusta porque a história já está escrita. Não há incerteza”.