Após quatro empates consecutivos, o São Paulo, enfim, voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Recebendo o América-MG neste domingo, pela 11ª rodada da competição, o time comandado por Rogério Ceni passou sufoco no primeiro tempo, vendo o rival dominar o jogo, mas conseguiu sair de campo com o triunfo por 1 a 0 graças ao gol de Patrick.

Com o resultado, o São Paulo ampliou sua invencibilidade como mandante para 14 jogos, sendo 13 vitórias e apenas um empate diante de seus torcedores. O Tricolor também voltou a subir na tabela do Brasileirão, alcançando provisoriamente o terceiro lugar, que pode se tornar definitivo caso o Athletico-PR não vença o Fortaleza e o Coritiba não goleie o Palmeiras.

São Paulo vence o América-MG e sobe na tabela do Brasileirão (Foto: Estevão Germano / América)São Paulo vence o América-MG e sobe na tabela do Brasileirão (Foto: Estevão Germano / América)O próximo compromisso do São Paulo no Campeonato Brasileiro acontece na quinta-feira, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, às 16h (de Brasília). Já o América-MG recebe o Fluminense na quarta, às 21h30 (de Brasília), no Independência. 

O jogo

O América-MG foi muito superior ao São Paulo na etapa inicial e quase abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo, quando Aloísio ficou com a sobra da bola cabeceada após cobrança de escanteio e, cara a cara com Jandrei, chutou para fora. Dois minutos depois foi a vez de Everaldo experimentar de fora da área, exigindo boa defesa do goleiro são-paulino.

A pressão do América-MG não cessou, e aos sete minutos os visitantes carimbaram a trave com Everaldo, que recebeu dentro da área com muita liberdade e bateu para o gol, contando com um leve desvio da defesa do São Paulo antes de a bola bater no poste. Pouco depois, Felipe Azevedo recebeu cruzamento em contra-ataque e, livre, cabeceou firme, mandando para fora.

O São Paulo tentava assumir o controle do jogo, mas o América-MG não largava o osso. Aos 17 minutos, Juninho desceu pela direita e cruzou à meia altura. Felipe Azevedo tentou alcançar a bola de carrinho para completar para o fundo das redes, mas sem sucesso. Mais tarde, Aloísio teve outra boa oportunidade, aproveitando cruzamento de Marlon pela esquerda, mas Jandrei defendeu a cabeçada do ex-atacante tricolor.

Aos 30 minutos, Luan teve de ser substituído por Patrick após sentir a coxa, deixando o gramado de maca e chorando. Quis o destino que o jogador acionado por Rogério Ceni mudasse o jogo para o São Paulo. Logo depois de entrar em campo, o meia completou de cabeça cruzamento de Igor Vinícius após boa jogada de pé em pé para abrir o placar no Morumbi e ir para o intervalo com a vantagem parcial.

Segundo Tempo

No segundo tempo o América-MG não conseguiu repetir a dose e viu o São Paulo ceder menos espaços com a vantagem no placar. Rigoni, substituindo Gabriel Neves, foi a aposta de Rogério Ceni para a etapa complementar, dando mais velocidade ao ataque. Mais tarde, Igor Vinícius também foi adiantado, com Rafinha entrando na vaga de Luciano  assumindo a lateral direita.

A primeira boa oportunidade da etapa complementar foi protagonizada por Rodrigo Nestor. Calleri tocou para o meio-campista na entrada da área, que fez o giro se livrando da marcação, mas bateu para fora. Pouco depois, Igor Vinícius cruzou rasteiro para Patrick, que também errou a finalização dentro da área.

Na reta final do segundo tempo, Welington foi acionado na vaga de Reinaldo, e Colorado substituiu Igor Vinícius, mudando novamente as característica da equipe. Com "sangue novo" pela esquerda, o São Paulo quase ampliou aos 36 minutos, quando Patrick recebeu de Welington e cruzou para Calleri, que cabeceou para fora. Assim coube aos donos da casa se conformarem com a magra vitória sobre o América-MG.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 X 0 AMÉRICA-MG

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo

Data: 12 de junho de 2022, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (FIFA-DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)

VAR: Rafael Traci (SC)

Público: 26.847 torcedores.

Renda: R$ 1.098.878,00

Gol: Patrick, aos 33 do 1ºT (São Paulo)

Cartões amarelos: Rodrigo Nestor, Miranda (São Paulo); Henrique Almeida, Wellington Paulista (América-MG)

SÃO PAULO: Jandrei; Pablo Maia, Miranda e Léo; Igor Vinícius (Andrés Colorado), Luan (Patrick), Gabriel Neves (Rigoni), Rodrigo Nestor e Reinaldo (Welington); Luciano (Rafinha) e Calleri.

Técnico: Rogério Ceni.

AMÉRICA-MG: Jailson; Patric, Éder, Germán Conti e Marlon (Danilo Avelar); Lucas Kal (Gustavinho), Juninho, Alê e Felipe Azevedo (Arthur); Everaldo (Henrique Almeida) e Aloísio (Wellington Paulista).

Técnico: Vagner Mancini.