“Essa menina prejudicou minha carreira", afirma Biel em entrevista

Jornalista Giulia Pereira acusa o funkeiro de assédio

“Eu queria primeiro deixá-la ciente do quanto ela prejudicou minha carreira. É um trabalho de anos, não só meu, mas de um grupo empresarial, de uma gravadora.” Foi assim o recado que Biel mandou para a jornalista Giulia Pereira, que o acusou de assédio. Durante uma entrevista o cantor ressaltou que ele foi o grande prejudicado com a denúncia da jornalista.

Apesar de ter assumido o erro, ele afirmou que tudo não passou de uma grande brincadeira e se ele fez foi porque ela deu liberdade: “Ao mesmo tempo, queria agradecer porque eu aprendi muito com isso e poderia ter sido muito pior. Presenciei tudo e sei o quanto estávamos em clima de descontração. Errei por ter feito as brincadeiras que fiz com uma pessoa que não conheço. Mas na hora ela não reclamou."

Biel (Crédito: Reprodução)
Biel (Crédito: Reprodução)


Quando questionado sobre sua postura no palco, ele respondeu que não pretende mudá-la e disse seus fãs sempre querem vê-lo "alegre": “Não mudei, porque tudo vinha dando certo e ainda está dando certo. Tem muita gente esperando o Biel feliz, o Biel alegre. As pessoas não estão esperando um Biel diferente, querem ver o que eu sou, e eu sou isto, não vou mudar. Ela não vai me fazer mudar."

No último final de semana, Biel tirou onda da situação e cantou um funk que na letra traz uma das frases ditas por ele durante a entrevista, "tá gostosinha, te quebro no meio" .

Tudo começou no dia 3 de junho, quando a repórter do portal iG, Giulia Pereira, denunciou o assédio que sofreu durante uma entrevista com Biel. O fato ocorreu em maio durante uma entrevista com o cantor sobre o seu novo álbum.

O cantor de 20 anos foi denunciado pela profissional na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo por assédio sexual. De acordo com o relato, ele chamou a jornalista de “gostosinha” e disse que “a quebraria no meio” se fosse para cama com ela.

Depois que a denúncia veio a público, Giulia tirou uma “licença” para se recuperar emocionalmente do caso. Dias depois foi demitida.

Pouco mais de uma semana após a demissão Giulia, o portal iG demitiu também a editora que apoiou a jornalista e escreveu sobre a denúncia. Giulia resolveu mostrar o rosto e contar em detalhes tudo que aconteceu naquele dia.


Fonte: Com informações da Uol