O senador piauiense Ciro Nogueira (Progressistas) confirmou que pedirá licença do ministério da Casa Civil. Em entrevista exclusiva, ele afirmou que já comunicou a decisão ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

Com a licença, Ciro irá se dedicar inteiramente à campanha de Sílvio Mendes (União Brasil) e de Joel Rodrigues (Progressistas), no Piauí. "Vou percorrer dezenas de cidades do interior, levando a mensagem dos nossos candidatos. O presidente já autorizou, e devo tirar licença da Casa Civil até o dia 30", disse.

Ele negou que o gesto signifique seu afastamento da campanha de reeleição do presidente. "De forma nenhuma, já coordenamos a campanha e aqui, mesmo distante, nós vamos estar no comando da campanha do presidente. Se precisar, vamos retornar à Brasília", completou.