mais

Luís Miranda chega com colete e bíblia para depor na CPI da Pandemia

O deputado federal e o irmão dele, Luís Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde prometem apresentar documentos comprovando a denúncia

Luís Miranda chega com colete e bíblia para depor na CPI da Pandemia
| Gabriela Biló/ Estadão

Por Rany Veloso

Um dos depoentes desta sexta-feira (25), o deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) chegou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia com colete a prova de balas e uma bíblia debaixo do braço. O parlamentar procurou a comissão nesta semana dizendo que tem provas de pressões atípicas de integrantes do governo para a aprovação da vacina indiana Covaxin, que fechou contrato de U$ 1,6 bilhão por 20 milhões de doses. A empresa intermediadora, Madison Biotech, que tem sede em Cingapura, pedia o pagamento de 100% antecipado e havia diferenças nos pedidos entre o contrato e o recibo.

Luís Miranda disse que chegou com o colete ao Senado porque está recebendo ameaças nas redes sociais e citou o ministro da Secretaria-Geral da República, Onyx Lorenzoni, que na visão dele, tentou intimidar ele e o irmão, servidor do Ministério da Saúde desde 2011, após a denúncia.


Os irmãos afirmaram que procuraram o presidente Bolsonaro para avisar a possível irregularidade, mas o presidente nega o fato e o senador da base do governo, Jorginho Melo (PL-SC), afirmou que Bolsonaro havia repassado a suspeita ao então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Antes do depoimento dos irmãos Miranda, o presidente da CPI, Omar Aziz, falou sobre a investigação da CPI sobre a Covaxin.


Aziz não descartou o retorno de Pazuello à CPI.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail