Os corpos de Marília Mendonça, de 26 anos, e do tio e assessor dela, Abicieli Silveira Dias Júnior chegaram na manhã deste sábado (6/11) ao Aeroporto Internacional Santa Genoveva, na capital goiana.

O velório está marcado para ser aberto a público a partir das 13h no ginásio Goiânia Arena, na BR-153, ao lado do estádio Serra Dourada, na capital goiana. A previsão de sepultamento é para as 17h30 no Cemitério Parque Memorial, aberto somente para familiares e pessoas próximas.

Movimentação para saída do corpo de Marília Mendonça no Aeroporto de Goiânia Movimentação para saída do corpo de Marília Mendonça no Aeroporto de Goiânia 

Corpos de Marília Mendonça, tio e produtor são liberados pelo IML em MG

Os corpos da cantora Marília Mendonça, do tio e assessor dela Abicieli Silveira Dias Filho e do produtor Henrique Ribeiro foram liberados pelo Instituto Médico Legal de Caratinga, no interior do Minas Gerais, na madrugada deste sábado (6), depois que advogados da família da artista chegaram para cuidar dos trâmites burocráticos com a funerária. Os corpos estão a caminho de Goiânia (GO).

Ainda faltam ser liberados os corpos do piloto, Geraldo Martins de Medeiros Júnior, e do copiloto, Tarciso Pessoa Viana. A família ainda não compareceu ao IML. O velório está previsto para começar às 13h no Ginásio Goiânia Arena. A Secretaria Municipal de Mobilidade disse que haverá um cortejo do ginásio ao Cemitério Memorial Parque, onde Marília Mendonça será enterrada, às 17h30. São esperadas 100 mil pessoas.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou que uma equipe da Instituição se deslocou ao aeroporto Ubaporanga, em Caratinga (MG), fazendo a escolta dos três corpos, sendo que o corpo da cantora e do seu tio, Abicieli Silveira Dias Filho, seguem com destino para a cidade de Goiânia (GO). Já o corpo do produtor Henrique Ribeiro, também conhecido como Henrique Bahia, segue com destino à Salvador (BA).

A Polícia Civil informou ainda que todos os trâmites para a liberação dos outros dois corpos (piloto e copiloto) estão sendo realizados. No que se refere ao apoio à CENIPA.

Adeus a Marília deve reunir mais de 100 mil pessoas

O adeus a Marília Mendonça espera receber 100 mil pessoas em velório no Ginásio Goiânia Arena, conforme informou o governador Ronaldo Caiado (DEM). A Secretaria Municipal de Mobilidade informou que haverá um cortejo do ginásio ao Cemitério Memorial Parque, onde ela será enterrada.

Corpos foram liberados do IMLCorpos foram liberados do IML

Cantora deve ser enterrada às 17h30

Com expectativa de que cerca de 100 mil pessoas compareçam ao velório da cantora Marília Mendonça neste sábado, a Goiânia Arena começou a receber os primeiros fãs da sertaneja já na noite desta sexta-feira. Considerada o maior fenômeno musical da atualidade, Marília morreu na queda de um avião de pequeno porte que a levava para um show em Caratinga, Minas Gerais. O velório, que começa às 8h, será aberto ao público em geral das 13h às 16h. As primeiras e últimas horas do velório serão exclusivas para família e amigos. Às 17h30, Marília será enterrada no cemitério Parque Memorial, também na capital goiana.

Marilia Mendonça e mais 4 pessoas morreram em queda de aviãoMarilia Mendonça e mais 4 pessoas morreram em queda de avião

Fãs viajam mais de 100 km e chegam de madrugada para esperar velório

Goiânia Arena neste sábado (6), ainda de madrugada, para o velório da cantora Marília Mendonça, que morreu na queda de um avião em Minas Gerais. O primeiro a chegar ao local viajou mais de 100 km para dar o último adeus. Além da cantora, o tio, um produtor, piloto e copiloto da aeronave também faleceram.

A assessoria da cantora informou que o velório deve começar às 13h e será aberto ao público. Marília e o tio, Abicieli Silveira Dias, que era assessor da cantora, serão velados juntos. O ginásio foi cedido pelo governo estadual, que espera 100 mil pessoas.

Queda de avião

O avião de pequeno porte caiu perto de uma cachoeira, próximo do local do pouso em Caratinga, onde a cantora faria um show na noite desta sexta (5).

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) confirmou que o avião bimotor atingiu um cabo de uma torre de distribuição da empresa antes de cair.

Peritos realizam investigação no local onde ocorreu acidente Peritos realizam investigação no local onde ocorreu acidente