Algumas empresas gigantes do mercado já começaram a aceitar pagamentos via criptomoedas e, em breve, o serviço de corridas Uber também deve começar a aceitá-las. A revelação foi realizada pelo próprio CEO da companhia, Dara Khosrowshahi, em entrevista à Bloomberg nesta sexta-feira (11).

Khosrowshahi afirmou que é questão de tempo até o aplicativo oferecer a opção de pagamento, contudo, também disse que o momento atual não é o certo. Um dos problemas é que a moeda mais popular, o bitcoin (BTC), depende de recursos naturais que podem prejudicar o meio ambiente.

Uber estuda oferecer opção de pagamentos de viagens em criptomoedas- Foto: ReproduçãoUber estuda oferecer opção de pagamentos de viagens em criptomoedas- Foto: Reprodução

Criptomoedas em breve

“Estamos conversando o tempo todo. À medida que o mecanismo de troca se torna menos caro e mais ecológico, acho que você nos verá nos inclinando um pouco mais para as criptomoedas”, disse o CEO durante a entrevista.

Além disso, ele também citou as taxas das corretoras, que podem ser consideravelmente altas para pequenos pagamentos de corridas. Por isso, os pagamentos por criptomoedas ainda não estão ativos no serviço da Uber.