SEÇÕES

Piauí supera a marca de US$ 1 bilhão em exportações em 2023

Segundo o governo, só em agosto, o Piauí vendeu US$ 141,2 milhões pra fora do país.

Piauí supera a marca de US$ 1 bilhão em exportações em 2023. | Divulgação
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

 O Piauí superou a marca de US$ 1 bilhão em exportações nos dois primeiros quadrimestres de 2023. De acordo com as informações disponibilizadas pela ComexStat/Vis, órgão vinculado ao Ministério da Indústria, Comércio e outros Serviços, os números acumulados nos primeiros oito meses do ano atingiram a expressiva cifra de 1.104,9 bilhão de dólares.

O crescimento é de 1,7 por cento no comparativo com o mesmo período de 2022,  quando o estado exportou US$1.085,8 bilhão. Segundo o governosó em agosto, o Piauí vendeu US$ 141,2 milhões pra fora do país. As commodities agrícolas, seguem em destaque na pauta de exportações do Piauí. 

Em agosto, a soja atingiu 79% (US$ 111,6 milhões), o milho 11% (US$ 15,5 milhões) e o farelo da soja 4,6% (US$ 6,4 milhões) dos produtos negociados. Os municípios que mais exportaram foram Bom Jesus, Uruçuí, Corrente e Baixa Grande do Ribeiro. Os países que mais importaram commodities do Piauí foram a China (62%), Espanha (7,1%), EUA (2,6%), Tailândia (2,4%) e Alemanha (2,2%).

O agronegócio é um importante vetor de impulsão da economia brasileira. A projeção da safra de grãos de 2023 aponta uma superação da safra 2022, aumentando as vendas dessas commodities no mercado internacional, sobretudo da soja para a China. Para o Superintendente do Desenvolvimento Econômico, Deusval Lacerda, o apoio do governo do Piauí para o desenvolvimento do agronegócio, é um fator destacado para o bom desempenho.

 “Importante lembrar que o Governo Rafael Fonteles incentiva as cadeias produtivas piauienses, através do fortalecimento da infraestrutura e da criação de políticas públicas, visando a atração de investimentos e do empreendedorismo estadual para gerar mais trabalho, emprego e renda, e, consequentemente, a melhoria das condições de vida da nossa população” considera.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos