Por Rany Veloso

Bolsonaro e o ministro da Casa Civil Ciro Nogueira vão estar pessoalmente no Congresso Nacional para a promulgação da Emenda à Constituição para turbinar e criar os programas sociais. O ministro confirmou ao blog. A sessão estava marcada para as 16h e foi remarcada para as 18h após confirmação do presidente da República.

É com o aumento do Auxílio Brasil, vale-gás e criação do Auxílio Caminhoneiro e Taxista que Bolsonaro e a coordenação de campanha à reeleição esperam aumentar a intenção de votos do presidente entre o eleitorado que ganha até dois salários mínimos.

O Congresso também teve que aprovar o Estado de Emergência, manobra para permitir o governo criar benefícios em ano de eleições.

BENEFÍCIOS ATÉ O FIM DE 2022:

Auxílio Brasil - de R$ 400 para R$ 600 - Mais 1,6 milhão de famílias serão incluídas no programa


Vale-gás - de R$ 53 para R$ 120 por bimestre

Auxílio caminhoneiro - R$ 1 mil para 900 mil caminhoneiros 

Auxílio taxista - R$ 200 (Valor destinado R$ 2 bilhões)

Gatos total - R$ 41,2 bilhões

Previsão de início do pagamento: 09 de agosto 

PISO DA ENFERMAGEM TAMBÉM SERÁ PROMULGADO HOJE

Na mesma sessão, o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG),  também confirmou a promulgação da emenda que prevê o pagamento do piso salarial para os enfermeiros no valor de R$ 4.750, técnicos R$ 3.325 e auxiliares de enfermagem e parteiras R$ 2.375.