O estudante de Direito Lucas Vinícius Monteiro, de 24 anos, que está desaparecido há mais de duas semanas em Teresina e que tem sido procurado nas águas do rio Poti, ainda não foi localizado.  

Em pronunciamento na terça-feira (10), a mãe do jovem Ana Monteiro Oliveira citou o achado de um cadáver carbonizado no último dia 30 no Assentamento Emiliano Batata, na região do Rodoanel de Teresina. Segundo ela, o corpo, que é do sexo masculino e de idade aproximada de Lucas, pode ser de seu filho. 

Lucas Vinícius está desaparecido há mais de duas semanas em Teresina - Foto: Reproção/Instagram Lucas Vinícius está desaparecido há mais de duas semanas em Teresina - Foto: Reproção/Instagram 

Contudo, nesta quarta-feira (11), em entrevista ao meionorte.com, o  advogado de defesa Wytalo Verasque representa Maria Gabriela Vasconcelos, namorada de Lucas Vinícius, negou a suspeita da mãe do jovem desaparecido. Wytalo afirmou que, não existe nenhum laudo pericial conclusivo que aponte alguma ligação entre o corpo encontrado carbonizado ao caso do estudante de Direito.

"Me dirigir ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para checar como estão as investigações do caso do Lucas e tive o interesse e a curiosidade de procurar a delegacia que está investigando o caso desse corpo que foi encontrado carbonizado e lá foi me foi passado que não existe nenhum laudo pericial, nenhuma identificação desse corpo ainda, nada que vincule ele ao desaparecimento do Lucas. A defesa está bem tranquila quanto a essa questão desse corpo, até porque ele foi visto desaparecendo no rio, não teria como ele aparecer carbonizado", disse  Wytalo Veras.

Mãe de Lucas Vinícius desmente namorada sobre transferência e pede justiçaMãe de Lucas Vinícius pede justiça a respeito do caso do filho desaparecido em Teresina Mãe de Lucas Vinícius pede justiça a respeito do caso do filho desaparecido em Teresina Ana Monteiro Oliveira e Moisés Monteiro Oliveira, pais do estudante de Direito Lucas Vinícius Monteiro, se pronunciaram pela primeira vez sobre o caso. Ainda fragilizados diante das buscas pelo filho, os pais questionaram versões dadas pela namorada Maria Gabriela Soares Vasconcelos.

Em um vídeo obtido pelo Meionorte.com, Ana Monteiro e Moisés Monteiro relatam que foram comunicados do fato pela cunhada de Lucas, Emanuela Vasconcelos.

 “Ela mandou uma mensagem assim: ‘Venham para Teresina, mas não venham na esperança de achá-lo vivo’. Como assim? Ela já sabia que o nosso filho estava morto? Aí pegamos um avião e chegamos no aeroporto daqui de Teresina 12h30. Quando foi 15h30 nós já estávamos na casa da Gabriela namorada do Lucas”, disse a mãe.

Defesa divulga prints em que namorada o incentiva a procurar ajuda

De acordo com a nota de defesa de Maria Gabriela, Lucas sofria de profunda depressão e ansiedade, onde chegou a fazer tratamento e que o fato era de conhecimento de sua própria família. Além disso, prints de conversas do casal enviadas ao Meionorte.com, mostram que a própria namorada o incentivava a procurar ajuda psiquiátrica. 

Lucas Vinicius e a namorada a Maria Gabriela Soares Vasconcelos. Foto: Reprodução-InstagramLucas Vinicius e a namorada a Maria Gabriela Soares Vasconcelos. Foto: Reprodução-Instagram “Nesse momento de profunda tristeza que vive Gabriela, sua família, bem como a família de Lucas Vinícius, o que se pede é empatia e respeito por parte de todos. O fato está sob investigação policial, não havendo, até o momento, qualquer prova de materialidade de crime ou suspeito indiciado. Resta à imprensa e à sociedade confiar no trabalho da Polícia, como confia Gabriela Vasconcelos, na certeza de que toda a circunstância restará esclarecida”, diz a nota de esclarecimento da defesa.

Lucas Vinicíus apresentava quadro de depressão antes de desaparecer Lucas Vinicíus apresentava quadro de depressão antes de desaparecer 

Mãe de Lucas Vinícius citou “espírito da depressão” para namorada

A defesa de Maria Gabriela Soares Vasconcelos, namorada de Lucas Vinícius Monteiro,  concedeu ao Meionorte.com, novas mensagens trocadas entre Gabriela e a mãe do jovem, Ana Monteiro Oliveira. As conversas surgem após a mãe negar as versões dadas pela namorada em relação ao desaparecimento do estudante de Direito e do suposto quadro depressivo em que ele sofria. 

Nos prints das conversas entre as duas pelo WhatsApp, datados do dia 14 março, Maria Gabriela disse que Lucas Vinícius não falava direito com ela, alegava estar sem dinheiro, sem trabalho e que não aguentava ficar sozinho em seu apartamento. “Uma hora ele tá bem, outra hora ele surta. Aí do nada fica com raiva de mim não sei o que é. Para de falar cmg [sic] do nada. Eu pergunto o que tá incomodando ele e ele ñ [sic] fala nada. Só fica com a cara fechada”, escreveu a namorada, segundo o print. 

Ana Monteiro Oliveira responde dizendo que fazia tempo que havia percebido isso e que do ‘nada ele surta’. Além disso, pelas mensagens trocadas, a mãe concorda e chega a citar que ele só ‘só pensa em dinheiro’. “Faz tempo isso, mas eu pensava que era só cmg [sic]. Difícil heim [sic]. Materialista. [...] temos 4 casas para deixar para ele o que ele mais quer”, diz a mensagem.