Por Arimatéa Carvalho

O deputado federal Fábio Abreu recebeu uma comissão de representantes dos candidatos que prestaram o último concurso da PM, dia 30 de janeiro deste ano. O grupo quer a alteração no edital para aumentar o número de classificados para as próximas etapas. 

“Queremos a quebra cláusula de barreira 12.2, pois possibilitará a classificação de 1.800 nomes para as outras etapas do concurso. Como o edital está agora, apenas 1000 pessoas terão sua redação corrigida, impossibilitando convocar outros candidatos em caso de desistência ou reprovação dos aprovados. Por isso, viemos em busca dessa ajuda do deputado Fábio Abreu”, afirmou Deison Kyller, integrante da comissão. 

"VOU ATRÁS DISSO"

O parlamentar disse aos candidatos que vai repassar a situação ao secretário de Segurança Pública e ao coronel Rubens Pereira. “Vou também procurar o Nucepe para ver se há possibilidade legal de isso ocorrer”, disse Fábio Abreu. 

1.040 VAGAS

O concurso da PM foi aplicado no dia 30 de janeiro. Inicialmente, estavam previstas 500 vagas para o cargo de soldado mas, após mobilização do deputado Fábio Abreu junto ao Governo do Estado, o número foi ampliado para mil vagas. Já para o cargo de oficial, foram 40, totalizando o 1.040 vagas.

Fábio Abreu reunido com representantes dos candidatos do concurso da PMFábio Abreu reunido com representantes dos candidatos do concurso da PM