mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Chamado de “fantoche” por vereadores, Ismael responde críticas

A coluna procurou o vereador para ouvir sua versão. Ele nega as acusações e explica sobre o pedido de transparência:

Por Sávia Barreto 

O clima está tenso nos corredores da Câmara Municipal de Teresina. Após fala em plenário do vereador Ismael Silva (PSD) cobrando mais transparência da Câmara Municipal, o parlamentar teve réplica de diversos colegas e até mesmo do presidente da Casa, Jeová Alencar (PSDB), que costuma apenas mediar os debates, mas dessa vez se posicionou. Parlamentares ouvidos pela coluna acusam Ismael de ser “fantoche de grupos extremistas em redes sociais”. A coluna procurou o vereador para ouvir sua versão. Ele nega as acusações e explica sobre o pedido de transparência:

Vereador Ismael Silva e Deolindo MouraVereador Ismael Silva e Deolindo Moura

“Página não encontrada”

“Minha fala não foi única e exclusivamente acerca do Portal da Transparência, mas em torno do próprio site da CMT, que por vezes, nos redireciona para páginas com vírus e outras abas. Quem afirma que falta transparência não é tão somente o vereador Ismael Silva, mas sim, a população, de forma geral, bem como o Ministério Público de Contas do Estado do Piauí e outros órgãos de controle”, destacou Ismael Silva.

“Ninguém me pauta”

Ele completou: “Se você assistir a minha fala na tribuna, fiz questão até de ressaltar o ‘assassinato de reputações’ que tem ocorrido nessa cidade, com veiculação de fake news, em relação aos Portais da Transparência de todos os Poderes”.  Sobre as acusações de ser “fantoche”, Ismael Silva  afirmou que não ia “avaliar algo que não existe”. “Meu mandato não é pautado por nenhum portal, mas sim, pela população que me credenciou a oportunidade de estar na Câmara. Não guardo nenhuma relação (direta e/ou indireta) com nenhum portal. Não há nem como avaliar críticas infundadas”, frisou.

E os cargos?

Já fonte do Palácio da Cidade diz que a administração de Dr.Pessoa está acompanhando o caso, já que Ismael tem cargos na gestão através da pasta da Ouvidoria do Município.

Não admitimos “fantoches” 

Já o vereador Deolindo Moura, do PT, disse que “não vou ter o mandato pautado por perfis extremistas de direita que são irresponsáveis o suficiente para não entender que um país democrático tem dois lados onde todo mundo tem a sua opinião”. Deolindo também deixa claro que a Câmara possui transparência e segue tudo que é direcionado pelos órgãos de controle dos gastos públicos:

Bandidos ou desavisados

“Aqui na Câmara Municipal nós temos nome, CPG, RG, telefone, endereço e tudo dos vereadores e funcionários expostos todos os meses e falar que não tem transparência eu acho um grande absurdo. A Câmara é um órgão fiscalizado pelo Ministério Público, pelos órgãos de controle e nós como vereadores fazemos também essa fiscalização. Temos um verdadeiro sistema de monitoramento das contas dos vereadores e da Casa. Eu não poderia deixar de me indignar com essa situação do que está sendo feito com os dados das pessoas de forma errônea, seja por bandidos ou por pessoas desavisadas”, afirma.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail